Ex-Smiles assumirá como CEO da CVC Corp; Luiz Fogaça renuncia

|


Divulgação
Luiz Fernando Fogaça deixa a CVC Corp após dez anos na empresa
Luiz Fernando Fogaça deixa a CVC Corp após dez anos na empresa
A queda vertiginosa das ações (de R$ 65 em 2019 para cerca de R$ 20 esta semana), possíveis erros contábeis no balanço dos últimos cinco anos (com impacto de R$ 250 milhões), perdas de cerca de R$ 100 milhões com a Avianca Brasil e pressão do coronavírus... O cenário para o presidente e CEO da CVC Corp, Luiz Fernando Fogaça, não estava dos melhores e ele mesmo pediu a renúncia, aceita imediatamente pela CVC Corp, que deve anunciar a contratação de Leonel Andrade, ex-Smiles e Credicard. Segundo apurado pelo Portal PANROTAS, ele começará em abril (informação foi confirmada via Fato Relevante da CVC minutos depois; leia na íntegra)

A informação é do colunista Geraldo Samor, do Brazil Journal.

Divulgação
Leonel Andrade, ex-Smiles e Credicard, assume como CEO da maior empresa de Turismo do Brasil
Leonel Andrade, ex-Smiles e Credicard, assume como CEO da maior empresa de Turismo do Brasil
Fogaça, que enviou carta de despedida para os funcionários da CVC Corp, ficou por dez anos na empresa, mais de oito como CFO, e como CEO somente desde 2019. O balanço da CVC Corp em 2019 seria divulgado na próxima semana, 12 de março. Mas já há possibilidades de ser adiado.

Com um vasto currículo profissional, Leonel Andrade soma quase três anos como diretor executivo de Negócios da Visa, quase oito anos na Losango Soluções Financeiras, como diretor executivo comercial e Marketing, mais de seis anos como presidente da Credicard e mais de seis anos na Smiles, no período em que a companhia anunciou seu IPO, entre outras funções como conselheiro de Administração da BR Distribuidora (Petrobras). Segundo a Forbes, "questões de foro pessoal" motivaram a saída de Andrade da Smiles.

Samor, do Brazil Journal, ainda aponta que Andrade será recompensado majoritariamente em ações da CVC.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA