Atlantica e Vert Hotéis se unem e projetam faturar R$ 1 bilhão

|

Divulgação/Atlantica
Eduardo Giestas, da Atlantica, e Érica Drumond, da Vert Hotéis
Eduardo Giestas, da Atlantica, e Érica Drumond, da Vert Hotéis

A Atlantica Hotels e a Vert Hotéis selaram um acordo de administração hoteleira. Em comunicado, a empresa afirma que o negócio passa a representar 19 marcas nacionais, próprias e internacionais e prevê um faturamento próximo a R$ 1 bilhão ainda este ano.

Ao todo, esse novo conglomerado terá mais de 20 mil quartos em seu portfólio. O CEO da Atlantica, Eduardo Giestas, garante que a aliança estratégica posiciona sua empresa entre as líderes da América Latina.

"Teremos ganhos extremamente importantes em termos de capilaridade, melhores condições comerciais, ganhos relacionados à distribuição, vendas cruzadas, inteligência de mercado, além do desenvolvimento da rede e da criação de novos produtos. Tudo isso resultará no incremento da nossa força comercial e de marca”, destacou ele.

O executivo estima um crescimento de dois dígitos na receita dos hotéis para Atlantica e Vert. Juntas, elas devem somar um incremento de quase 25% ante o ano de 2017. Com essa nova atuação, as empresas projetam atingir 140 hotéis e, com isso, sua equipe comercial crescerá com 190 profissionais em 50 cidades brasileiras.

Ainda, as hoteleiras traçaram a consolidação de suas plataformas de venda e operação, em conjunto com o que chamam de “aperfeiçoamento da gestão de portfólios”.

"A soma da força regional e bandeiras da Vert com a expertise em marketing e vendas da Atlantica, possibilitará que as duas companhias cresçam expressivamente em âmbito nacional. Estamos bastante otimistas com essa parceria", salientou a diretora e presidente da Vert Hotéis, Erica Drumond.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA