Oito dicas de hospedagem para quem vai a Denver, nos EUA | Investimentos | PANROTAS
INVESTIMENTOS

Oito dicas de hospedagem para quem vai a Denver, nos EUA

Divulgação
The Source será inaugurado em setembro deste ano
The Source será inaugurado em setembro deste ano
A cidade americana que sediou a edição deste ano do IPW, o maior evento da indústria de viagens dos Estados Unidos, passou por uma grande renovação nos últimos anos. Até bem recentemente, Denver era apenas uma escala rumo às Montanhas Rochosas americanas. Totalmente repaginada, a hotelaria tem papel importante nesta nova fase e hotéis são inaugurados a cada mês. Em meio à concorrência, os empreendimentos mais tradicionais também passam por reformas milionárias.

Hoje, há dez mil quartos somente no centro da cidade. Em toda a área metropolitana, segundo dados de janeiro de 2018 publicados pelo Denver Business Journal, são 339 hotéis com 47.318 quartos. Abaixo, seguem oito propriedades que chamaram a atenção por uma razão ou outra durante o IPW 2018 e são boas opções de hospedagem.

THE ART, A HOTEL
Entre as novidades hoteleiras, é a mais impressionante de Denver. Como o nome indica, obras de arte dão o tom ao moderno prédio erguido para abrigar o hotel que fica na área dos museus, perto do CBD (Central Businness District). Com o selo da Preferred Hotels & Resorts, The Art acaba de completar três anos e conta com um curador para selecionar trabalhos de artistas contemporâneos, que estão por toda a parte, inclusive nos 165 quartos com design atual.

THE BROWN PALACE HOTEL AND SPA
Hotel histórico de Denver, o segundo mais antigo do centro da cidade, é uma espécie de Copacabana Palace local. Completou 125 anos em 2017 e tem uma lista de hóspedes famosos, como os ex-presidentes americanos Dwight D. Eisenhower, Ronald Reagan e Bill Clinton. Localizado em Uptown, ao lado do Centro financeiro, o hotel foi reformado por US$ 10,5 milhões há três anos e faz parte da Autograph Collection, da Marriott.

THE RITZ CARLTON
Aberto há dez anos, é considerado um dos melhores hotéis da cidade e concluiu ano passado sua reforma de US$ 12 milhões. Fica no Denver CBD, perto das lojas charmosas e dos restaurantes da turística Larimer Square. Parte dos 202 amplos quartos tem vista para as montanhas. Destaque para a filial do restaurante de carnes e frutos do mar Elway’s Downtown. Logo no térreo, tem uma linda e premiada adega envidraçada e, no verão, uma disputada área ao ar livre durante o happy hour.

HILTON CITY CENTER
Foi o hotel que hospedou a delegação brasileira durante o IPW, em maio deste ano. O nome corresponde à realidade: o hotel está localizado no centro financeiro da cidade. Era administrado pela Marriott e passou por uma reforma de três anos e US$ 27 milhões para virar Hilton no final de 2017. Com 613 quartos nos primeiros 20 andares de uma torre de 43, é um dos maiores de Denver.

THE CRAWFORD
Este hotel boutique com 112 quartos foi inaugurado há quatro anos na Union Station, a estação ferroviária que é um símbolo da renovação da cidade. Área antes degradada, hoje tem bares movimentados (como o Terminal Bar, no hall central), restaurantes (The Mercantile é ótima opção), cafeteria e queijaria. O hotel tem seu próprio bar, o Cooper Lounge, no mezanino do prédio de 1914. Do outro lado da rua, em frente à estação, fica a Wynkoop, uma das cervejarias mais tradicionais de Denver.

THE OXFORD
Inaugurado em 1891, é o mais antigo hotel em operação do centro de Denver e está totalmente renovado. O hotel boutique tem 80 quartos, pequenos, cada um decorado de um jeito, com toques clássicos que combinam com a história da propriedade. Seu bar, o Cruise Room, de 1933, tem decoração art déco inspirada em um lounge do navio Queen Mary, de 1912, hoje ancorado em Long Island, na Califórnia.

THE MAVEN

Hotel onde prevalece o design inaugurado ano passado do Dairy Block, mais uma área revitalizada da cidade, uma espécie de microbairro dentro de LoDo. Tem na decoração centenas de obras de arte, todas de artistas do Colorado; um bom bar, Poka Loka, e alguns de seus 172 quartos oferecem vista para o centro financeiro.

HALCYON
Em Cherry Creek, cerca de dez minutos de carro do centro, foi inaugurado há dois anos e gosta de se identificar como a casa de um amigo do hóspede, e não como um hotel. Uma ampla sala de estar logo depois do lobby e obras de arte ajudam nesta sensação. Uma garagem com equipamentos esportivos à disposição dos hóspedes, como bicicletas, dá um sentido prático ao conceito. O Halcyon tem 154 quartos e dois restaurantes: um asiático e um italiano.

THE SOURCE
Um dos primeiros hotéis em River North abrirá em 1º de setembro com o selo Preferred Hotels. O bairro é dos mais interessantes e lembra Wynwood, em Miami. Tem grafites por toda a parte, bares, restaurantes, cervejarias, destilaria e vinícola urbana, e um mercado, o Denver Central Market. Além do hotel com cem quartos de design escandinavo em nove andares de um prédio novo, com vista para o centro e as Montanhas Rochosas, uma cervejaria será inaugurada no terraço.

*Carla Lencastre, especial para o Portal PANROTAS
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA