INVESTIMENTOS

Malai Manso passa a operar com 100% de energia solar própria

Malai Manso/Divulgação
O parque solar do Malai Manso foi construído em uma área de oito hectares
O parque solar do Malai Manso foi construído em uma área de oito hectares
Localizado na Chapada dos Guimarães, no Mato Grosso, o Malai Manso Resort agora opera com 100% de sua energia elétrica produzida em casa. Para alcançar o feito, o empreendimento tirou proveito de sua localização, que tem a maior incidências de luz solar no Brasil, e construiu uma instalação fotovoltaica revertendo todo a energia gerada para a operação do hotel.

A inciativa reforça o discurso de valorização a ações sustentáveis que embasam o projeto Eco Malai, desenvolvido pelo próprio resort. O novo parque solar do Malai Manso foi construído em uma área de oito hectares. Ao todo, são mais de seis mil módulos do modelo Polycristalino instalados, que permitem que projetos solares comerciais e de concessionárias de energia elétrica tenham economias significativas.

"Com essa iniciativa, além da economia financeira, que também é importante e necessária para qualquer empreendimento comercial, damos mais um passo em favor dos princípios ecológicos e sustentáveis que sempre foram a base do Malai Manso", comenta o diretor comercial do meio de hospedagem, Ricardo Gouveia. "Nosso resort foi pensado e construído para que nossos hóspedes se sintam parte da natureza do cerrado mato-grossense e a conclusão e funcionamento do nosso parque solar é um importante avanço para que a região continue sendo preservada e esses princípios sejam levados adiante", complementa.

Além do impacto zero no meio ambiente, a nova tecnologia proporcionará uma geração de 350 mil KWH mensais de energia, redução da emissão de CO2 no meio ambiente e uma economia de gastos mensais prevista em R$322 mil.

Alterado às 15h51 a pedido da assessoria de imprensa
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA