Atrio e Xtay fecham parceria para construir hotéis modulares

|


Divulgação
A instalação pretende também difundir a construção modular junto aos investidores hoteleiros e imobiliarios
A instalação pretende também difundir a construção modular junto aos investidores hoteleiros e imobiliarios
Atrio Hotel Management e Xtay – que tem o própio grupo Atrio como um de seus controladores – anunciaram uma nova parceria com a Modularis Offsite Building para o desenvolvimento de hotéis modulares pelo Brasil. O projeto, chamado MGuest House, já tem um protótipo de construção offsite para prédios e hotéis e e em breve será responsável pelo primeiro apartamento modelo da Xtay em Itupeva, no interior de São Paulo.

Idealizado há dois anos, quando os estudos de viabilidade foram iniciados, o MGuest House foi integralmente construído a partir de várias horas de estudos técnicos e benchmarks internacionais, em ambiente 100% controlado, fora de um canteiro de obras e em 40 dias.

O projeto, segundo os desenvolvedores, recria, com riqueza de detalhes, todas as peculiaridades de um empreendimento vertical construído no sistema modular. “Será um divisor e águas no desenvolvimento da indústria hoteleira e de short-term rental no Brasil, já que esse modelo já é bem conhecido no mundo todo”, diz diretor presidente da Atrio Hotel Management e da Xtay, Beto Caputo.

A instalação pretende também difundir a construção modular junto aos investidores hoteleiros e imobiliários. “Nós resolvemos umas das grandes dores do mercado que é entregar uma obra na metade do tempo previsto. E isso para hotelaria é crucial, pois quanto antes um hotel é aberto, mais rápida é a antecipação de receita e geração de caixa. E o MGuest House é uma prova do conforto, tecnologia e sustentabilidade embarcada que pode ser vista em Itupeva”, diz o CEO da Modularis Offsite Building, Paulo Salvador.

Sem revelar detalhes, juntas as empresas confirmam que já há projetos em desenvolvimento na capital paulista. “Nosso pipeline soma projetos de R$ 200 milhões, já em carteira, e inclui a construção, em São Paulo, do primeiro prédio residencial modular do Brasil”, antecipa Salvador.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA