Iberostar cresce 71% em vendas via OTAs e aposta no digital

|

Marcos Martins
Diretor do Iberostar Praia do Forte, Ramón Girón, com os diretores de Operações, Jesús Bosque, do Grand Amazon, Winfried August, a gerente de Marketing, Elaine Accacio, o diretor para o Brasil, Orlando Giglio, e o diretor do Iberostar Bahia, Arnaud Le Lanchon, durante encontro
Diretor do Iberostar Praia do Forte, Ramón Girón, com os diretores de Operações, Jesús Bosque, do Grand Amazon, Winfried August, a gerente de Marketing, Elaine Accacio, o diretor para o Brasil, Orlando Giglio, e o diretor do Iberostar Bahia, Arnaud Le Lanchon, durante encontro
PRAIA DO FORTE (BA) – A Iberostar, que no início do ano fez o seu reposicionamento global de marca, divulgou hoje números de mercado e tem motivos para comemorar. Além do crescimento de 20% nas vendas gerais e 9% no Brasil em 2017, faturando 2,4 bilhões de euros, a empresa teve um acréscimo de 71% nas reservas via OTAs no mercado brasileiro. E para este ano, a expectativa é crescer 25% com a modalidade.

“Cada vez mais as vendas on-line e B2C vêm crescendo, mas trabalhamos com muito respeito aos operadores ao realizar vendas diretas no nosso site, pois oferecemos condições especiais para todos os tipos de cliente. Ainda não superamos players como Booking, Expedia e Decolar, mas temos uma negociação boa com eles, que são competentes e um sucesso na distribuição horizontal”, explica o diretor da Iberostar para o Brasil, Orlando Giglio.

Outro ponto importante em relação ao mercado brasileiro é que a rede ampliou resultados em segmentos de individual e grupos, apesar da queda nos índices das operadoras, justificado por uma “agressividade das empresas on-line”. De acordo com a empresa, a ocupação global do primeiro trimestre gira em torno de 83% e um dos objetivos para os próximos meses é aumentar o trabalho nos canais digitais, com foco nas redes sociais.

Marcos Martins
Ramón Girón é responsável pelo Iberostar Praia do Forte
Ramón Girón é responsável pelo Iberostar Praia do Forte
COMPLEXO NA BAHIA
A rede possui na cidade de Praia do Forte um complexo formado pelos hotéis Iberostar Bahia, inaugurado em 2006, e o Iberostar Praia do Forte, aberto em 2008. As duas unidades estão no segmento hotéis de praia com serviço all-inclusive de categoria cinco estrelas e apostam nas inaugurações de novos espaços, ano a ano, como uma academia que oferece exercícios que são tendência, incluindo crossfit, e espaços privativos, para fidelizar os clientes.

“Temos que pensar na situação de crise econômica em que o turista diminuiu as viagens internacionais e o nosso mercado não sofreu com isso. Estamos com melhores resultados a cada ano porque o turista não parou de viajar, mas agora escolhe o produto em que paga tudo de uma vez”, explica o diretor geral do Iberostar Praia do Forte, Ramón Girón.

O empreendimento teve alta de 80% em turistas argentinos, o segundo maior público da dupla de hotéis, seguidos pelos chilenos. O índice foi impulsionado em razão dos voos diretos de Buenos Aires para o destino baiano, em que os turistas levam quatro horas para chegar ao Estado, sem necessidade de conexões e escalas.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA