Lucro da Marriott cresce 12% no terceiro trimestre | Mercado | PANROTAS
MERCADO

Lucro da Marriott cresce 12% no terceiro trimestre

Marriott International
Os ganhos da Marriott International no terceiro trimestre de 2018 chegaram a US$ 900 milhões. O indicador de lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) foi 12% superior ao registrado no mesmo período do ano passado. Na contabilização do lucro líquido, o resultado é estável no comparativo, fechando o recorte em US$ 483 milhões.

“Nossos resultados no terceiro trimestre reforçam a resiliência do nosso modelo de negócios e nossa capacidade de gerar renda”, afirmou o presidente e CEO da Marriott International, Arne Sorenson. “Até 5 de novembro, nós retornamos aos acionistas mais de US$ 3,1 bilhões em dividendos e recompras de ações, e agora acreditamos que podemos fechar 2018 com retorno total de US$ 3,7 bilhões.”

A receita por quarto disponível (Revpar) também operou em alta no trimestre. De acordo com a rede, o crescimento global foi de 1,9% - com propriedades nos Estados Unidos em alta de 0,6% e fora dos Estados Unidos em 5,4%.

“Nós esperamos que Revpar (em dólar constante) no quarto trimestre cresça 2% globalmente, 1% na América do Norte, e de 5% a 6% fora da América do Norte”, relatou Sorenson, acrescentando que a projeção para Revpar (em dólar constante) feche 2019 com crescimento global de 2% a 3%.

No período, a rede acrescentou 18 mil quartos ao seu portfólio global, sendo dez mil deles em destinos fora dos Estados Unidos e 1,5 mil vindos diretamente de redes competidoras. Ao fim do trimestre, a Marriott possuía 471 mil quartos em desenvolvimento – sendo 50 mil deles aprovados mas ainda sem contratos assinados.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA