MERCADO

Oyo Hotels já tem mais de 200 unidades nos Estados Unidos


Artur Luiz Andrade
Ritesh Agarwal e as aspirações da Oyo em sua apresentação
Ritesh Agarwal e as aspirações da Oyo em sua apresentação

FORT LAUDERDALE - O CEO da Oyo Hotels, Ritesh Agarwal, foi um dos keynote speakers na manhã desta quarta-feira, 20, na Phocuswright Conference, em Fort Lauderdale, na Flórida, e impressionou a plateia com os números e o rápido crescimento da rede, que nasceu na Índia. Segundo ele, a Oyo já tem 952 mil quartos, é a maior rede hoteleira da Ásia e segunda maior do mundo, atrás apenas da Marriott.

Este ano a rede chegou aos Estados Unidos, onde, em um mês, pulou de um hotel em Dallas, para mais de 200 em todo o País. O segredo? Conversão de hotéis independentes, que precisam de reformas e reposicionamento de mercado. Pode ser um investimento em estrutura de lazer, como uma piscina aquecida, ou novos banheiros, mas no geral há um redesenho da cara dos estabelecimentos, que podem aparecer em detalhes ou na mudança total da cara dos quartos e áreas públicas.

O rápido crescimento ainda traz perdas financeiras para a rede, mas o CEO afirmou que os prejuízos estão caindo consistentemente, pois o grupo está focado em crescer bem e não em crescer rapidamente.

A chegada aos Estados Unidos não assusta a Oyo, pois segundo Ritesh, há muitas oportunidades, assim como na Europa, onde a rede já tem um produto de aluguel de casas de férias. O empresário também não vê diminuição de crescimento na China, onde ainda há muito espaço para evoluir, especialmente para hotéis econômicos.

E para os que consideram a Índia ou o Sudeste Asiático mercados pequenos, ele diz que a Oyo continuará investindo nesses destinos. “O pequeno é o novo grande”, profetiza ele, que também promete um trabalho por mais engajamento dos hóspedes em reviews e uma melhora na qualidade das mesmas. A Oyo conta também com 90 milhões de usuários e 50 milhões de clientes ativos em sua plataforma mobile.

Também na manhã desta quarta-feira, o CEO da TripAdvisor, Steve Kaufer, e o vice-presidente do Google, Oliver Heckmann, falaram na conferência. A palestra do Google foi focada em inteligência artificial e machine learning e como essas tecnologias estão mudando e melhorando as experiências de viagens, para empresas e viajantes.

Tecnologia de ponta adaptada e customizada para o Turismo, personalização de produtos e processos, a omnicanalidade para pesquisa e compra, a experiência nas viagens e o consumidor digital são temas comuns a várias palestras nesses dois primeiros dias da Phocuswright Conference.

O Portal PANROTAS viaja com proteção GTA
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA