Tauá Araxá é o segundo resort do País a suspender operações

|


Divulgação
O resort também adiou o espetáculo Páscoa Iluminada para o mês de agosto
O resort também adiou o espetáculo Páscoa Iluminada para o mês de agosto
Em decorrência do risco eminente de propagação do covid-19, o Grupo Tauá de Hotéis declara o fechamento temporário do Grande Hotel Termas de Araxá (MG) e paralisação das atividades do complexo hidrotermal até o dia 5 de abril. Outro importante fator de decisão do grupo é a responsabilidade diante do fluxo intenso de turista da terceira idade.

O espetáculo Páscoa Iluminada Araxá, previsto para 12 de abril, foi adiado para o período de 6 a 23 de agosto de 2020. O hotel declara ainda que as reservas de pacotes para este período poderão ser alteradas para datas até 31 de dezembro.

O resort Ocean Palace, um dos principais de Natal, também comunicou seu fechamento até 30 de abril. Clique aqui para saber quais medidas as redes hoteleiras estão adotando para resistir à crise e combater o coronavírus.

No dia seguinte ao envio desta notícia, o Grupo Tauá de Hotéis decidiu paralisar as atividades até o dia 6 de abril das unidades Grande Hotel Termas de Araxá (MG), Hotel Alegro (SP), Tauá Resort Atibaia (SP) e Tauá Resort Caeté (MG). Além disso, a equipe interna do grupo está em sistema de home office e escala para que os clientes permaneçam com atendimento constante por meio dos canais de comunicação.

"Seguimos confiantes de que todas as ações conjuntas, em conformidade com as recomendações do Ministério da Saúde e Organização Mundial da Saúde poderão reverter o quadro da disseminação rápida do Covid-19", afirma o presidente do Grupo Tauá de Hotéis, Daniel Chequer Ribeiro.

*Atualizada às 11h22 do dia 19 de março.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA