GJP Hotels terá consultoria do Sírio-Libanês na reabertura

|

Com o objetivo de definir, revisar e validar a implementação dos protocolos de saúde para as dez unidades no País, a rede GJP Hotels & Resorts vai contar com o respaldo do hospital Sírio-Libanês, de São Paulo. Por meio da sua área de consultoria, o Sírio-Libanês certificará e auditará os novos padrões de higiene, desinfecção e segurança em todos os hotéis da GJP.

As novas medidas adotadas incluem um novo formato de prestação dos serviços e um design atualizado de todo o ambiente dos hotéis para garantir maior separação de espaços para hóspedes. A consultoria do hospital passa por suporte e planejamento, diagnóstico e revisão dos fluxos e processos dos serviços oferecidos nos hotéis, além de capacitação das equipes de funcionários e auditoria dos novos protocolos para garantir a certificação.

O ponto central do trabalho nos dez hotéis - localizados em nove cidades do Nordeste, Sudeste e Sul do País - está na alta proteção contra possíveis riscos de contato e exposição para evitar a transmissão de infecções respiratórias. O investimento total previsto para implementação do projeto é de R$ 3 milhões.

Divulgação
No trabalho de consultoria foram mapeados todos os momentos de contato entre hóspedes e funcionários e estudadas as plantas arquitetônicas dos dez hotéis da rede GJP para analisar o fluxo de pessoas e cruzamentos nos diversos espaços dos hotéis, resultando em uma série de modificações necessárias para a melhor interação social.

Todos os hotéis passarão a seguir os novos protocolos relacionados à desinfecção, higienização, boas práticas de convívio com distanciamento, estrutura física e comunicação para os hóspedes.

"A saúde e segurança e o bem-estar dos hóspedes são uma prioridade em nossos hotéis. Mais do que adotar medidas próprias, optamos por investir no assunto com profundidade, mesmo atravessando esse momento desafiador do Turismo, através da contratação da consultoria exclusiva do Sírio-Libanês", afirma o CEO da GJP Hotels & Resorts, Fabio Godinho.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA