Accor anuncia 1ª emissão de títulos em prol da sustentabilidade

|

Divulgação Sita
Esses títulos são indexados às metas de redução de emissão de gases de efeito estufa do grupo
Esses títulos são indexados às metas de redução de emissão de gases de efeito estufa do grupo
A Accor lançou a primeira emissão de títulos indexados aos objetivos de desenvolvimento sustentável do grupo (Sustainability-Linked Bond) no valor de 700 milhões de euros, o equivalente a R$ 4,4 bilhões, com taxa de juros de 2,375% e vencimento em novembro de 2028. Os recursos desta emissão serão essencialmente utilizados para refinanciar parte da dívida existente. Emitidos de acordo com a Estrutura de Títulos Vinculados à Sustentabilidade, esses títulos são indexados às metas de redução de emissão de gases de efeito estufa do grupo – 25,2% para os Escopos 1 e 2 e 15,0% para o Escopo 3 – até 2025 versus 2019.

A transação, que contou com demanda excedente 3,5 vezes, ilustra a ambição da empresa em acelerar a sua transição para o crescimento sustentável, bem como intensificar o seu compromisso com a redução das emissões de gases com efeito de estufa e afirmar os seus valores ambientais e sociais através do envolvimento de toda a cadeia de valor.

A estrutura para esta emissão foi projetada para permitir futuras emissões de títulos em um formato vinculado à sustentabilidade. A Sustainalytics também forneceu a estrutura com a melhor avaliação possível, com indicadores-chave de desempenho classificados como "muito forte" e metas de desempenho de sustentabilidade consideradas "altamente ambiciosas".

O CA-CIB e o HSBC atuaram como coordenadores globais e bookrunners para o problema. Commerzbank, MUFG, Santander, Société Générale e UniCredit atuaram como Joint Lead Managers e bookrunners.

Esta empresa apoia o Fórum PANROTAS 2021
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA