Kempinski Hotels vai operar hotel Laje de Pedra, na Serra Gaúcha

|


Divulgação
Para funcionar com a nova mar, o Laje de Pedra vai passar por um processo de reestruturação. O projeto é desenhado pelo escritório de arquitetura Perkins & Will
Para funcionar com a nova mar, o Laje de Pedra vai passar por um processo de reestruturação. O projeto é desenhado pelo escritório de arquitetura Perkins & Will
Companhia europeia caracterizada por administrar hotéis de perfil luxuoso, a Kempinski Hotels confirmou sua chegada ao Brasil. A empresa anunciou hoje (27) uma parceria com o hotel Laje de Pedra, na Serra Gaúcha, para cuidar da operações da unidade numa parceria com a LDP Canela S/A.

CEO interino e presidente do Conselho de Administração da Kempinski Hotels, Bernold Schroeder, anunciou o acordo. “Esta é uma excelente oportunidade para ingressarmos no mercado sul-americano com um projeto excepcional", destacou.

O negócio foi encarado desde o primeiro momento como um investimento imperdível para os sócios. José Paim, que junto com José Ernesto Marino Neto e Márcio Carvalho, adquiriu o hotel em 2020 do Grupo Habitasul, conta que não hesitou quando recebeu a proposta de aquisição do local. "Por ser de família gaúcha, conheço o Laje de Pedra desde a sua inauguração e, como todos que já estiveram por lá, tenho uma relação afetiva com aquele lugar”, revela Marino.

Além da operação hoteleira, o Kempinski Laje de Pedra contará com residências privadas que contarão com todos os serviços hoteleiros da rede, incluindo a disponibilidade de mordomo, adega e garagem privativas individualmente fechadas.

Divulgação
A expectativa é que os hóspedes sejam recebidos no novo Kempinski Laje de Pedra em 2024
A expectativa é que os hóspedes sejam recebidos no novo Kempinski Laje de Pedra em 2024
Uma parte das residências do Laje de Pedra será comercializada pelo regime de propriedade compartilhada, que permitirá que, por exemplo, alguns apartamentos tenham até quatro co-proprietários com o potencial de uso de 13 semanas ao ano cada.

REFORMAS
Para funcionar com a nova mar, o Laje de Pedra vai passar por um processo de reestruturação. O projeto é desenhado pelo escritório de arquitetura Perkins & Will, tem paisagismo de Sergio Santana e decoração de Patricia Anastassiadis.

Em uma área total de 61 mil metros quadrados, o hotel terá 357 apartamentos com tamanhos de 54 metros quadrados a 290 metros quadrados. Entre as atrações estão quatro restaurantes e cinco bares internacionais, além de enoteca, rooftop bar com lareira aberta, teatro e área para eventos.

A expectativa é que os hóspedes sejam recebidos no novo Kempinski Laje de Pedra em 2024.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA