Empresa de intercâmbio na Europa chega ao mercado brasileiro

|

Divulgação
Nuno João, administrador da Yourway Education em Portugal
Nuno João, administrador da Yourway Education em Portugal
Neste mês de fevereiro, a Yourway Education, que possui escritórios em Portugal, Espanha, México e Hungria, iniciará as suas operações no Brasil, com sede no Rio de Janeiro. O grupo pretende ser ponto de apoio e referência para os jovens que pretendem buscar mais conhecimentos e desafios em Portugal e em toda a Europa.

Mesmo com as incertezas do atual momento de pandemia, o grupo não abriu mão dos seus planos de abertura no Brasil. Para o administrador da empresa em Portugal, Nuno João, é sim um bom momento para investir no setor. De acordo com ele, em períodos de virada civilizacional, as famílias gastam menos em bens secundários e concentram o seu investimento nos intangíveis primários: saúde e educação.

“O perfil dos nossos clientes é um perfil de investidor em educação. Como investidoras, as famílias que queremos servir irão procurar hoje, ainda mais, o melhor em educação para os seus filhos, seja em seus países ou no exterior. A Educação é sempre o melhor investimento”, destacou Nuno João. O interesse em abrir uma filial no Brasil também se deu pela alta procura de famílias brasileiras, em especial do Rio de Janeiro, interessadas em enviar seus filhos para estudar em Portugal.

“O nosso maior diferencial serão os programas na Europa, pois somos uma empresa luso-europeia-brasileira, o que nos permitirá servir com muito mais vantagens os estudantes e as famílias brasileiras que procurem esse continente para os seus projetos de vida e de estudo. Seremos, em Portugal, o primeiro abraço depois da travessia atlântica”, completou Nuno.

A Yourway Education conta com programas de intercâmbio estudantil em mais de 15 países europeus e, apesar do foco na Europa, também oferece outros destinos muito procurados pelos estudantes, como Estados Unidos, Canadá, Austrália e Nova Zelândia.

Mais informações no yourwayeducation.com.br
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA