GTA lança planos de cobertura para covid-19

|

Emerson Souza
Celso Guelfi, presidente da GTA
Celso Guelfi, presidente da GTA
A partir do dia 5 de outubro, a Global Travel Assistance (GTA) passará a oferecer planos adicionais com cobertura para covid-19. Serão quatro tipos de plano com coberturas de US$ 5 mil, US$ 10 mil, US$ 20 mil e US$ 30 mil; com custos de US$ 1,70 a US$ 9 por dia de viagem. Os planos se aplicam para passageiros de até 85 anos e podem ser adicionados diretamente no carrinho de compras. A principal regra a ser considerada é a antecedência máxima de 90 dias em relação a viagem.

"Espero que isso termine e as pessoas possam viajar sem ele, mas dentro da atual conjuntura, o plano é aquilo que os clientes e agentes estavam buscando. Demoramos um pouco porque dependemos da nota técnica da Susep, mas é importante para o passageiro saber que está comprando um produto elaborado e comprovado. Estamos muito felizes por poder oferecer isso ao trade", afirmou o presidente da GTA, Celso Guelfi, que acredita em uma grande aceitação da novidade.

Os planos para covid-19 não são atrelados e o passageiro pode optar pela sua compra dependendo de sua vontade e necessidade. Entre as diferenças de cobertura, existe um plano que cobre estritamente a parte hospitalar, enquanto outros mais completos podem incluir até o translado do corpo em caso de óbito. Para Guelfi, são planos bem acessíveis, já que a melhor cobertura para uma viagem de dez dias custaria US$ 90.

"Pelo clamor dos clientes, é um plano que terá muito sucesso porque a gente vai ao encontro com aquilo que o passageiro está querendo. Entendemos que os passageiros voltarão a viajar quando se sentirem seguros. Esse processo começa pelo nacional e depois pelos países que começarem a reabrir fronteiras. A partir do momento em que houver confiança e segurança para viajar, as viagens serão retomadas", afirmou o presidente da GTA.

A princípio, pandemias configuram como exclusão nas coberturas de viagens. "Tivemos que correr muito. Toda pandemia é exclusão e, na verdade, tem uma coisa nova. Tenho 30 anos de (experiência com) seguro-viagem e nunca passei por uma pandemia. Ninguém sabe lidar com a situação toda", concluiu Guelfi.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA