Consolidadoras apontam fortalecimento da retomada no Turismo

|

Artur Andrade, da PANROTAS, mediou a live que ainda contou com Juarez Neto, do Grupo Ancoradouro, Flavia Pirola, da Tyller, Luciano Guimarães, da CVC Corp, e Helvécio Garófalo, do Grupo Confiança
Artur Andrade, da PANROTAS, mediou a live que ainda contou com Juarez Neto, do Grupo Ancoradouro, Flavia Pirola, da Tyller, Luciano Guimarães, da CVC Corp, e Helvécio Garófalo, do Grupo Confiança
Depois de meses observando queda nas vendas e estagnação de mercado, as consolidadoras começam a sentir os efeitos da retomada do Turismo no País. Convidados da segunda edição da Live PANROTAS - Retomada das Viagens, no Portal PANROTAS, e que conta com a parceria da R1, líderes de consolidadoras relataram o retorno gradual das vendas e indícios de volta da confiança para viajar, num contexto ainda afetado pela pandemia do coronavírus. Em linhas gerais, as viagens domésticas de lazer são as mais buscadas e o horizonte já aponta para uma volta que se fortalece a cada mês. E há muitas oportunidades no mercado, em destinos que já reabriram, inclusive internacionais.

"Quando tudo parou, começamos a entender que ia demorar a passar e chegamos a ter um volume de vendas de 4%, 5% do normal", lembra o CEO do Grupo Ancoradouro, Juarez Cintra Neto - que também é presidente da AirTkt. De acordo com o executivo, com o passar dos meses, uma volta paulatina foi se confirmando e nas últimas duas semanas ficou mais acelerada. "Estamos animados para os próximos meses e acreditando que os números vão melhorar. Atualmente nosso nível de vendas está entre 17% e 20% do que seria nesse período", completa.

O cenário é parecido no escritório da Tyller, que, além do doméstico percebe boa procura por destinos internacionais como Caribe, Dubai e até Europa. "Nesse contexto de volta estamos percebendo um tipo de procura que não existia. Clientes buscando viagens sem datas específicas para entender qual o melhor período e tarifa. O fato é que há uma demanda reprimida e todo mundo está querendo viajar", aponta Flávia Pirola.

De acordo com a executiva, hoje as vendas da consolidadora estão entre 15% e 20% da média para o período. A projeção é que até dezembro o volume seja de 35%.

A tendência de nacional também vale para o Grupo Confiança. As buscas por roteiros domésticos está em 70%. "Dentro desses números, o agronegócio tem contribuído muito já que a região Centro-Oeste é nosso carro-chefe em vendas", pontua o líder da empresa, Helvécio Garófalo.

Numa comparação com a média de números da empresa, Garófalo informa que as vendas atuais são 24% do que era feito na realidade anterior à crise.

Representando as marcas RexturAdvance e Esferatur, da CVC Corp, Luciano Guimarães aponta para o final do ano e até para as próximas temporadas. De acordo com ele, o planejamento é 50% do volume de vendas normal restabelecido até dezembro. E a volta do volume do ano passado em 2022. Na Visual Turismo, operadora que também dirige na CVC Corp, Guimarães ressalta que 70% das vendas em agosto foram para 2020, 60% delas incluindo aéreo.

"Nesse momento de retomada dos trabalhos temos notado que teremos vendas muito mais consultivas e quando falamos dos destinos escolhidos é interessante notar que os que mais investem em marketing e informação têm sido os mais procurados", comenta Guimarães. Para exemplificar os destinos que têm feito bom papel, o executivo cita as Maldivas, que têm sido altamente buscadas, e o Estado do Rio Grande do Norte. Os demais consolidadores também se surpreenderam com as vendas de Maldivas, e destacam outros destinos já reabertos e com boas ofertas, como México, Dubai, Turquia e Caribe. No Brasil, as viagens regionais estão em alta, e o agente de viagens precisa ter todos os produtos na prateleira, do aluguel de casas aos hotéis butique, do carro ao seguro viagem, que tem tido mais procura nas viagens nacionais.

Juarez Neto e Luciano Guimarães destacaram ainda a procura por cruzeiros, para 2021 especialmente, pois é uma indústria com protocolos muito bem definidos e uma política comercial bem flexível para remarcações e outras mudanças.

A LIVE PANROTAS – Retomada das Viagens conta com apoio da R1. Assista também à edição com as operadoras.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA