CRUZEIROS

Clia nega que haja economia na remarcação de cruzeiros


Jhonatan Soares
Marco Ferraz, presidente da Clia Brasil
Marco Ferraz, presidente da Clia Brasil
A consultoria especializada em cruzeiros Cruise Watch sugeriu, recentemente, que uma tarifa poderia ser reduzida em até 71% ao cancelar e remarcar um pacote ao aproximar do embarque, mesmo se considerando os encargos pelo cancelamento.

Diante disso, a Clia Brasil defende que a prática pode não ser uma boa ideia. O presidente da associação, Marco Ferraz, aponta que, para economizar, o passageiro deve fazer justamente o contrário e comprar com a maior antecedência possível.

"Essa prática sugerida pela Cruise Watch pode gerar prejuízos para os consumidores, pois uma das maiores dicas para pagar menos em um cruzeiro marítimo é reservar com antecedência. Isso ocorre porque as empresas do setor trabalham com políticas de descontos e benefícios agressivos para reservas antecipadas. Os clientes que compram antes também conseguem escolher as melhores cabines, para garantir aquela tão desejada varanda e acordar a cada dia com uma paisagem diferente", argumenta o presidente.

"Outra dica importante para quem quer economizar é reservar os extras antes de embarcar. Assim, é possível adquirir pacotes de bebidas alcoólicas com drinques internacionais, massagens e tratamentos exclusivos nos spas e passeios nos destinos de parada com excelentes preços."


 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA