Nova empresa de cruzeiros busca investidores por crowdfunding | Cruzeiros | PANROTAS
CRUZEIROS

Nova empresa de cruzeiros busca investidores por crowdfunding

Divulgação/Blue World Voyages
A nova linha de cruzeiros estará focada no segmento de bem-estar
A nova linha de cruzeiros estará focada no segmento de bem-estar
O presidente executivo da Blue World Voyages e ex-presidente da Starbucks na América do Norte, John Richards, está à procura de investidores, entre eles agentes de viagens, para o financiamento coletivo de uma nova linha de cruzeiros de bem-estar. O lançamento está previsto para 2019.

Até o momento, a empresa arrecadou US$ 675 mil, com mais de 37 investidores em crowdfunding, 15% dos US$ 4,5 milhões que se espera atingir. "Vários agentes se juntaram ao Founders Club e têm um interesse especial", afirma ele.

As contribuições de financiamento coletivo de no mínimo US$ 500 equivalerão, supostamente, a 10% do financiamento, usado como adiantamento em um navio que a linha espera operar a partir de maio do ano que vem.

Enquanto um acordo para comprar uma embarcação de 350 passageiros ainda está sendo finalizado, foi anunciado que a Blue World iniciará um retrofit de US$ 26 milhões em outubro. Além disso, planeja adicionar dois navios nos próximos cinco anos.

Contudo, alguns profissionais ficaram inseguros com a nova aposta. Um agente de cruzeiros do Reino Unido não tinha certeza sobre as alegações “exclusivas” do projeto. Já o diretor da Cruise Village, Phil Nuttall, disse que estava curioso para descobrir como será esta oferta de bem-estar da Blue World, diferenciando-se das demais linhas, como a Silversea.

A Blue World planeja navegar no Mediterrâneo, Cuba, Costa Rica, Chile e Peru, tornando-se a primeira linha “totalmente dedicada ao estilo de vida ativo dos passageiros”, como afirma o presidente executivo.

Um cruzeiro de uma semana em uma suíte padrão custará a partir de US$ 3,5 mil, excluindo taxas portuárias e voos.


*Fonte: Travel Weekly

conteúdo original: https://bit.ly/2NFZs0i
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA