CRUZEIROS

MSC nomeia o primeiro navio Seaside EVO como MSC Seashore

Divulgação/ MSC
O MSC Seashore se tornará o 19º transatlântico construído pela MSC Cruzeiros
O MSC Seashore se tornará o 19º transatlântico construído pela MSC Cruzeiros
A MSC Cruzeiros e o Fincantieri, um dos maiores grupos de construção naval do mundo, realizaram ontem a cerimônia de corte do aço do MSC Seashore, o primeiro de dois navios da classe Seaside EVO, no estaleiro em Monfalcone, na Itália.

O transatlântico entrará em operação no outono de 2021, terá 169,4 mil toneladas, e será o primeiro de seu tipo. Seu Yacht Club será o maior da categoria, podendo receber um total de até 5.632 hóspedes.

"Apenas um ano após a entrada em operação do MSC Seaside, estamos levando este conceito premiado a um outro patamar, iniciando a construção de um navio ainda mais evoluído e ainda mais rico, o MSC Seashore", comentou o presidente executivo da MSC Cruzeiros, Pierfrancesco Vago.

Dezoito meses após o seu lançamento, o MSC Seashore se juntará ao segundo navio Seaside EVO, na primavera de 2022.

"Temos muito orgulho em contribuir para o crescimento da MSC Cruzeiros, uma empresa que está emergindo como um dos principais players do mercado", afirmou o CEO do Fincantieri, Giuseppe Bono.

INTERIOR
A embarcação terá um lounge adicional na parte traseira; um MSC Yacht Club aprimorado, cobrindo três andares na parte da frente do navio; restaurantes de especialidades no nível da promenade no oitavo andar para refeições ao ar livre, perto do mar; um número maior de hidromassagens pelo navio; e 200 cabines adicionais, bem como espaços públicos ainda mais generosos.

Além disso, os navios Seaside EVO serão equipados com avançada tecnologia ambiental, incluindo um sistema seletivo de redução catalítica; tecnologia de limpeza de gases de escape; sistemas de gestão e reciclagem de resíduos de última geração; sistemas avançados de tratamento de água; e um avançado sistema de recuperação de energia e calor.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA