Global Data: financiamento será essencial para cias marítimas

|

Pixabay/Carllichao
Royal Caribbean é exemplo
Royal Caribbean é exemplo
Após a notícia de que a Royal Caribbean firmou um empréstimo de US$ 2,2 bilhões, a Global Data afirma que o financiamento será fundamental para a sobrevivência da indústria de cruzeiros em meio à crise gerada pela pandemia do coronavírus. A opinião do analista de Viagens e Turismo da Global Data, Ben Cordwell, considera que as operações das companhias ficarão restritas por meses, ainda incertos.

"Os custos de operação de uma linha de cruzeiro são enormes e essas despesas começarão a custar caro. Um problema sério que as empresas de cruzeiros precisam abordar é sua importância econômica. A indústria da aviação, ferrovias, fabricantes de automóveis e bancos geralmente contribuem mais para a economia de um país do que cruzeiros. Isso pode levar os governos a priorizar essas indústrias, o que significa que os cruzeiros receberão menos de apoio financeiro, afirmou Cordwell.

De acordo com o analista da Global Data, esse fator torna ainda mais importante a garantia de financiamento pelas companhias, ao invés de esperar pelo auxílio dos governos. "Não será uma surpresa ver mais empresas seguindo o exemplo da Royal Caribbean e realizar o empréstimo de grandes quantias para reforçar ainda mais sua liquidez”, completou.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA