GNV, do Grupo MSC, transforma navio em hospital flutuante

|


Divulgação
O hospital oferece 25 leitos em cabines individuais, mas é capaz de receber até 400 leitos
O hospital oferece 25 leitos em cabines individuais, mas é capaz de receber até 400 leitos
A Grandi Navi Veloci (GNV), do Grupo MSC, transformou o ferry Splendid em um hospital flutuante equipado para o atendimento de pacientes com Covid-19. Localizado em Ponte Colombo, no Terminal de Ferries de Gênova, a solução oferece 25 leitos em cabines individuais, embora seja possível equipar cabines adicionais para até 400 leitos. O hospital flutuante também possui um heliponto e áreas dedicadas ao pessoal e equipes de saúde, organizadas para garantir padrões adequados, conforto e flexibilidade.

Idealizado junto à sociedade de classificação RINA no início de março, o projeto tem um alto nível de flexibilidade e escalabilidade e pode ser rapidamente adaptado para atender às necessidades futuras da região da Ligúria. A RINA verificou que o novo hospital cumpria as regulamentações vigentes, identificando o equilíbrio correto entre a proteção de segurança, as necessidades médicas de um hospital indicadas pela ASL, a autoridade regional de saúde e a necessidade urgente de encontrar meios de ajudar as autoridades e o Serviço Nacional de Saúde no combate ao coronavírus.

A iniciativa teve ação imediata de diversos parceiros, que disponibilizaram produtos e serviços gratuitos para equipar o navio com todos os suprimentos necessários, incluindo HP-Aruba, Alpha Trading, Artigo Rubber Flooring, San Giorgio del Porto, Auscomar, ItalBrokers, Agência Marítima Le Navi, Burger King, Covim, Emis, Giunti Editore, IdealService, Infomaster, Mantero Sistemi, Provveditoria Marittima Ligure Angelo Novelli e Ansaldo Naval Technical Studio.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA