Especialistas defendem protocolos ampliados para cruzeiros

|

Divulgação
O Healthy Sail Panel (Painel de Navegação Saudável) divulgou hoje (21) as recomendações aos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos, que vão nortear as futuras orientações de saúde pública e medidas preventivas relacionadas a viagens em navios de cruzeiro. O painel foi formado em junho pelo Grupo Royal Caribbean e a Norwegian Cruise Line (NCL).

O painel é composto por especialistas reconhecidos em prática médica e pesquisa, saúde pública, doenças infecciosas, biossegurança, hospitalidade e operações marítimas que aplicaram os melhores conhecimentos de saúde pública, ciência e engenharia disponíveis às suas recomendações.

O relatório, que tem mais de 65 páginas do Healthy Sail Panel, inclui 74 da melhores práticas, detalhadas e recomendadas para proteger a saúde pública e a segurança dos passageiros, da tripulação e das comunidades onde os navios de cruzeiro fazem escala. As recomendações incluem testes, o uso de coberturas faciais e procedimentos sanitários aprimorados em navios e terminais.

O Healthy Sail Panel identificou cinco áreas de enfoque que cada operador de cruzeiro deve abordar para melhorar a saúde e a segurança dos hóspedes e da tripulação e reduzir o risco de infecção e disseminação de covid-19 em navios de cruzeiro:

1) Testagem, Triagem e Redução de Exposição
2) Higienização e Ventilação
3) Resposta, Planejamento de Contingência e Execução
4) Planejamento de Destino e Excursão
5) Mitigação de riscos para membros da tripulação.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA