Grupo Royal Caribbean venderá Azamara por US$ 201 milhões

|


Marluce Balbino
Azamara Pursuit é um dos navios da frota da companhia de luxo Azamara
Azamara Pursuit é um dos navios da frota da companhia de luxo Azamara
O Grupo Royal Caribbean vai vender a Azamara, uma de suas subsidiárias, por US$ 201 milhões, em dinheiro, para a empresa de private equity Sycamore Partners. A companhia de cruzeiros alega que a venda permitirá com que a empresa dê maior foco na expansão de suas outras marcas: Royal Caribbean International, Celebrity Cruises e a recém-adquirida Silversea. As informações foram confirmadas pela R11 Travel, representante do grupo no Brasil.

"Nossa estratégia tomou um caminho no qual pretendemos colocar mais recursos nas três marcas globais Royal Caribbean International, Celebrity Cruises e Silversea, e trabalhar para aumentá-las ao passo em que nos recuperamos deste período sem precedentes", afirmou, em nota, o CEO do Grupo Royal Caribbean, Richard Fain. "Ainda assim, a Azamara continua sendo uma marca forte com um tremendo potencial de crescimento, e o histórico da Sycamore mostra que eles serão bons condutores do que construímos nos últimos 13 anos."

Sycamore, os compradores, se descrevem como investidores especializados em consumo, varejo e distribuição, e dizem que adquirirão três navios da Azamara, tal como outros ativos. A compra deve ser fechada no primeiro trimestre deste ano, aparentemente é a primeira do Sycamore no mercado de Turismo. O ex-presidente da Holland America Line Orlando Ashford se tornou um consultor estratégico da Sycamore Partners em setembro.

Atualizada às 14h48
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA