NCL retoma operações com o Norwegian Jade na Grécia

|

Divulgação NCL
O Norwegian Jade não foi apenas o primeiro navio da frota de 17 embarcações da Norwegian Cruise Line a receber hóspedes após 500 dias, mas também foi o primeiro navio da companhia a ter Atenas (Pireu) como porto de origem.

Até novembro, os passageiros do Jade navegam em um itinerário das Ilhas Gregas em que acordam em um novo destino todos os dias, podendo passar de oito a nove horas explorando algumas das ilhas da Grécia. Entre elas Creta, Mykonos, Rodes e Santorini.

“Receber nossos hóspedes e tripulantes a bordo foi um dos momentos mais memoráveis de minha carreira de mais de 30 anos. Estamos entusiasmados em embarcar no Great Cruise Comeback com um novo itinerário e um porto doméstico para a nossa marca, oferecendo aos nossos hóspedes uma seleção ainda maior de férias únicas no mar”, afirmou o CEO da NCL, Harry Sommer.

O posicionamento do Norwegian Jade em Atenas é parte de uma estratégia de longo prazo para aumentar ainda mais a presença da marca na Europa. Até 2023, a Norwegian planeja posicionar nove navios na Europa, com Norwegian Dawn, Epic, Escape, Getaway, Gem, Jade e Star programados para navegar na Grécia.

Em 7 de agosto, o Norwegian Encore será o segundo navio da NCL a retomar operações e o primeiro a retornar ao serviço nos Estados Unidos, quando estreará em Seattle para sua temporada inaugural de cruzeiros no Alasca.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA