Costa confirma temporada brasileira com Smeralda e Fascinosa

|

Divulgação/Costa
O Costa Smeralda é uma das embarcações da armadora que estará na temporada brasileira
O Costa Smeralda é uma das embarcações da armadora que estará na temporada brasileira
Com o aval oficial do governo Federal dado no último final de semana e a temporada brasileira de cruzeiros confirmada, a Costa Cruzeiros fez questão de ratificar a sua temporada própria de viagens pelos mares brasileiros. A empresa vai viajar pelo País com o Costa Fascinosa e o Costa Smeralda.

E, para comemorar a confirmação, de 4 a 14 de outubro de 2021, a companhia lança benefícios especiais para o Cruzeiro de Natal e de Ano Novo a bordo do Costa Smeralda, com embarque em Santos, ou do Costa Fascinosa, com embarque no Rio de Janeiro, além do 3º e 4º hóspedes grátis para a categoria Basic nas cabines internas, externas e varandas.

"Recebemos a confirmação oficial da temporada 2021/2022 das autoridades com grande alegria e confiança. Há meses nos reunimos sistematicamente com as autoridades brasileiras e nos preparamos com muita responsabilidade para construir um produto muito seguro, sem perder a essência de oferecer o melhor em conforto, diversão, serviço e relaxamento a preços imbatíveis para esta grande retomada", afirma o presidente executivo da Costa Cruzeiros para América do Sul e Central, Dario Rustico.

O Costa Fascinosa iniciará a temporada brasileira da companhia em novembro, com opções de mini cruzeiros e itinerários até a Bahia, com embarque e desembarque em Santos. De dezembro de 2021 a abril de 2022, o navio será reposicionado para os itinerários do Prata, com opções de embarque no Rio de Janeiro e em Itajaí.

A Costa detalha ainda mais os diferenciais do Costa Smeralda, flagship da empresa e maior navio de todas as temporadas brasileiras, que chegará ao Brasil em 20 de dezembro e realizará cruzeiros de sete noites, com saídas de Santos (SP) e de Salvador (BA). Já o último embarque será realizado no dia 18 de abril para a travessia Brasil-Itália.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA