MSC adota vacina como requisito obrigatório para receber hóspedes

|

A MSC Cruzeiros comunicou que todos os hóspedes que embarcarão nos navios de sua frota devem estar totalmente vacinados contra a covid-19 e apresentar teste negativo antes do embarque.

Divulgação
Obrigatoriedade de vacinas para hóspedes vale para todos os navios da frota MSC
Obrigatoriedade de vacinas para hóspedes vale para todos os navios da frota MSC
Tais medidas já eram aplicadas em cruzeiros em outras regiões, como no Brasil, e, agora, se estenderão para os navios que estão navegando pelo Mediterrâneo como o MSC Grandiosa e o MSC Fantasia.

Portanto, todos os hóspedes de cruzeiros pelo Mediterrâneo, a partir de 4 de dezembro, precisarão ter recebido duas doses de vacina contra o novo coronavírus há mais de 14 dias antes do início da viagem além de realizar teste de covid-19 até 72 horas antes da partida do navio.

As medidas se aplicam a todos os hóspedes com 12 anos ou mais e são adicionadas às regras de saúde e segurança introduzidas, pela primeira vez, em meados de 2020 pela MSC Cruzeiros e que hoje constituem o protocolo da empresa que é líder no setor. Estas medidas incluem teste adicional no embarque, bem como outras durante o cruzeiro, todas projetadas para oferecer aos nossos hóspedes e tripulantes o nível máximo de proteção de sua saúde e segurança.

O CEO da armadora, Gianni Onorato, afirma: "Nosso protocolo de saúde e segurança liderou as medidas que foram adotadas pelo setor, não apenas porque fomos a primeira grande Companhia de cruzeiros a retomar as operações internacionais, mas também por sua flexibilidade para se adaptar à evolução da pandemia em terra".

MSC Cruzeiros
Gianni Onorato, CEO da MSC, afirma que a medida fortalece o protocolo de saúde e segurança adotado pela empresa
Gianni Onorato, CEO da MSC, afirma que a medida fortalece o protocolo de saúde e segurança adotado pela empresa
Segundo informa o CEO, a postura da empresa contribuiu para tranquilizar hóspedes, tripulação e destinos. "Este é o caso nesse momento, pois alguns países da Europa estão registrando um aumento nas taxas de infecção em terra e, para garantir o bem-estar daqueles a bordo de nossos navios e das comunidades que eles visitam, nossa abordagem novamente demonstra que a saúde e a segurança são nossas prioridades", comenta.

As novas medidas serão aplicadas aos cruzeiros no Mediterrâneo a bordo do MSC Grandiosa e MSC Fantasia, adicionalmente aos outros navios da frota que estão operando no Norte da Europa, América do Norte, América do Sul, África do Sul e Oriente Médio.

Os hóspedes que não estejam totalmente vacinados a tempo da data de partida do seu cruzeiro podem optar por remarcar a sua viagem conosco em uma data posterior.

Os hóspedes de 11 anos ou menos, que não são elegíveis para a vacinação, continuarão a ser bem-vindos a bordo seguindo todas as medidas atuais.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA