MSC encerra cruzeiro do MSC Splendida e compensa passageiros

|

Divulgação MSC
MSC Splendida
MSC Splendida
Em seu site a Anvisa informa que a MSC Cruzeiros formalizou ofício à agência, oficializando a interrupção da operação do navio. O anúncio foi feito depois das investigações de casos de covid-19 na embarcação iniciadas pela agência.

Nesta sexta-feira (31/12), a Anvisa recebeu o comunicado da empresa sobre o cancelamento do atual cruzeiro e confirmou a interrupção das atividades. Na quinta-feira (30/12), a agência já havia determinado a atracação do MSC Splendida para fins de investigação epidemiológica, com interrupção das operações.

O desembarque dos passageiros, segundo a Anvisa, ocorrerá de acordo com os protocolos sanitários de segurança: os positivados deverão dar continuidade, em terra, ao isolamento iniciado na embarcação e serão monitorados pelos Centros de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs) das cidades de destino.

Os demais passageiros passarão por testes de detecção da covid-19 antes de desembarcar. O transporte desses passageiros ocorrerá em veículos específicos, a cargo da operadora de cruzeiro.

A duração da operação de desembarque está sujeita às necessidades operacionais e deve ser organizada pela empresa.

Mais cedo, a Anvisa interrompeu as atividades no Costa Diadema. Saiba mais clicando aqui.

Continuam operando normalmente no País os navios Costa Fascinosa, da Costa Cruzeiros, e MSC Seaside e MSC Preziosa, da MSC Cruzeiros.

NOTA DA MSC CRUZEIROS

A MSC Cruzeiros enviou o seguinte comunicado sobre o MSC Splendida:

"Como parte da nossa rotina de monitoramento de saúde, que inclui testagens frequentes e diárias de 10% de todos os hóspedes e tripulantes do navio, ação que integra nosso protocolo de saúde e segurança, líder do setor, identificamos um número limitado de casos de covid-19 entre os hóspedes e tripulantes do MSC Splendida. Conforme definido pelo protocolo, isolamos imediatamente estas pessoas e seus contatos próximos em uma seção dedicada e separada do navio, longe de todos os outros passageiros e em cabines com varanda, seguindo as medidas previstas para este tipo de situação.

Para permitir o retorno seguro dos hóspedes com resultado positivo para suas casas, bem como o desembarque dos tripulantes também com resultado positivo para cumprirem o período de isolamento, como já previsto em nosso protocolo, foi necessária a realização de uma escala técnica em Santos no dia 30 de dezembro. Todos os casos confirmados e seus contatos próximos desembarcaram em segurança e a MSC Cruzeiros providenciou transporte dedicado e exclusivo para todos.

Todo o processo foi realizado com a aprovação e acompanhamento das autoridades responsáveis, que têm seguido com suas análises e avaliações epidemiológicas. Devido ao impacto causado no roteiro programado, decidimos pelo cancelamento do cruzeiro atual e ofereceremos aos hóspedes as opções de uma carta de crédito no valor do cruzeiro original, que pode ser resgatada em qualquer cruzeiro futuro até o dia 31 de dezembro de 2022, ou o reembolso total dos valores pagos pelo cruzeiro, além do reembolso dos pacotes pré-pagos (bebidas, excursões, etc.), proporcionalmente aos dias não utilizados. Os hóspedes desembarcarão de forma escalonada, de acordo com a demanda, durante hoje e amanhã e todos que não foram testados nas últimas 24 horas serão testados. A MSC Cruzeiros dará suporte aos hóspedes incluindo logística e hospedagem, conforme necessidade e demanda.

O nosso robusto protocolo de saúde e segurança, foi elaborado e implementado para mitigar o risco e preservar o bem-estar dos nossos hóspedes, de nossa tripulação e das comunidades que os navios visitam. No momento do embarque, todos os hóspedes com 12 anos ou mais precisam apresentar comprovante de vacinação completa contra a COVID-19. Além disso, todos os hóspedes a partir de 2 anos precisam apresentar teste do tipo RT-PCR negativo feito até 72 horas ou teste de antígeno feito até 24 horas antes do embarque, bem como um questionário de saúde preenchido dentro das 6 horas anteriores ao início da viagem. O procedimento de embarque foi reformulado com horários de chegada no porto pré-definidos e escalonados para gerenciar o fluxo de hóspedes e toda a tripulação possui o ciclo vacinal completo e é testada semanalmente, além de 10% da equipe ser testada diariamente.

No Brasil, os navios operam com a capacidade reduzida de 75% de ocupação, e durante a viagem, o distanciamento social entre grupos de viajantes e o uso de máscaras faciais em áreas públicas são obrigatórios. Espaços e ambientes públicos internos como, por exemplo, teatro, lounges, restaurantes, kids clubs também funcionam com capacidade reduzida.

Os casos identificados a bordo demostram a eficiência do nosso protocolo, que contribui, inclusive, para que pessoas que estejam positivas para Covid-19 tenham conhecimento de seu resultado e evitem, assim, circular em suas próprias comunidades ou em destinos turísticos, uma vez que é provável que muitos desses casos não tivessem sido identificados sem um monitoramento adequado.

No cenário atual, o cruzeiro é uma das opções de férias mais seguras do mundo, pois nenhum outro setor da indústria de viagens e turismo possui um protocolo tão completo e robusto para conter a propagação de doenças infecciosas.

Graças ao nosso protocolo de saúde e segurança foi possível retomar as nossas operações de cruzeiros em agosto de 2020, no Mediterrâneo. Desde então, a MSC Cruzeiros recebeu cerca de 1 milhão de hóspedes para viagens seguras em todo o mundo.

Os navios MSC Seaside, MSC Preziosa e MSC Splendida permanecem com a programação inalterada dos seus futuros cruzeiros. Para consultar nosso protocolo na íntegra, acesse nosso
site."
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA