Equador recebe 1,5 milhão de turistas em 2017 com alta do Brasil

|

Jhonatan Soares
Embaixador do Equador no Brasil, Diego Rivadeneira
Embaixador do Equador no Brasil, Diego Rivadeneira
O Turismo do Equador lançou a sua nova campanha Ecuador is Love: Viaje Bodas y Mas durante o seu retorno à WTM Latin America, após dois anos. O foco da estratégia de marketing é ressaltar o clima de romance, beleza, patrimônio histórico e a diversidade do destino, que é apresentado como opção rápida de viagem. No ano passado, o Equador recebeu 19 mil turistas brasileiros, uma alta de 14% em relação a 2016, e em dados gerais, foram 1,5 milhão de visitantes estrangeiros.

“O Equador é um país pequeno, do mesmo tamanho do Estado de São Paulo, mas tem regiões naturais muito próximas e, ao mesmo tempo, diferentes”, explica o embaixador do Equador no Brasil, Diego Rivadeneira, em entrevista ao Portal PANROTAS.

“Há lugares da costa, com o atrativo das praias, e a serra que possui montanhas com neve, além de cidades históricas e atrativas como Quito e Cuenca, ideais para o brasileiro que gosta de cultura e arquitetura colonial. Temos ainda as cidades que estão na bacia amazônica e as Ilhas Galápagos, um santuário da natureza”, destaca.

Com essa reaproximação, que teve o pontapé inicial na WTM, o objetivo do órgão é estreitar os laços com o mercado e a política brasileira para que os números sigam em alta e promover ações que equilibrem a emissão de turistas entre os dois países.

"O relacionamento de Brasil e Equador é histórico e muito importante. Estamos aqui para retomar esse relacionamento porque estivemos separados nos últimos anos, mas é algo que já passou. Agora somos novamente sócios e irmãos", finaliza o embaixador.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA