DESTINOS

México aposta em capacitações LGBT e planeja alianças no Brasil


Marcos Martins
Ivan Martinez-Vega e Diana Pomar, do Conselho de Promoção Turística do México, com Guillermo Alcorta, presidente da PANROTAS
Ivan Martinez-Vega e Diana Pomar, do Conselho de Promoção Turística do México, com Guillermo Alcorta, presidente da PANROTAS
A diversidade tem se tornado uma tendência no mercado de Turismo e, cada vez mais, os destinos estão se preparando para oferecer mais atrativos para os viajantes LGBT. O México recebe mais de 39 milhões de turistas internacionais e estima-se que, desse número, cerca de três milhões de pessoas fazem parte da comunidade.

“Estamos trabalhando com a Secretaria de Turismo do México (Sectur) e há três anos criamos um programa de capacitação para operadoras e agências de viagens que possuam interesse no segmento LGBT. O objetivo é fazer com que mais destinos mexicanos possam desenvolver produtos e se promover internacionalmente”, explica o diretor para a Flórida e Caribe do Mexico Tourism Board, Ivan Martinez-Vega.

Os focos do programa da capacitação LGBT-friendly são os destinos de Puerto Vallarta, Cancún, Riviera Maya e Cidade do México que, por consequência, são os mais populares entre esses viajantes. A proposta é aumentar o número de destinos dentro da ação. De acordo com o órgão mexicano, os turistas da comunidade LGBT são jovens, viajam não apenas em temporadas, mas em qualquer época do ano, costumam fazer roteiros em casal, possuem boa posição financeira, já acabaram os estudos e não têm filhos.

“Desde o final de 2015 estamos presentes em vários fóruns internacionais e somos membros da International Gay & Lesbian Travel Association (IGLTA). Essa é uma forma de mostrar aos profissionais da indústria turística que o tema vai desde a conscientização sobre Direitos Humanos às atrações propriamente ditas de cada região”, ressalta.

Divulgação/Visit Puerto Vallarta
Puerto Vallarta é uma das sensações no México
Puerto Vallarta é uma das sensações no México
A diretora para o Brasil do Conselho de Promoção Turística do México, Diana Pomar, adiantou que há conversas com a Câmara de Comércio e Turismo LGBT do País, que recentemente assinou um acordo de cooperação com o Ministério do Turismo e Embratur para promoção e melhor estruturação dos destinos. “Conversamos com o presidente da Câmara LGBT, Ricardo Gomes, e pretendemos fechar uma aliança.”

Diana destacou ainda o potencial turístico do México para a comunidade, como receptivo e seguro, e destacou que as mudanças sociais estão impactando a maneira de pensar e agir da indústria. “O México mantém suas tradições e ideologias, mas o mundo está mudando. A administração atual está praticando ações para promover diversidade não apenas com o público LGBT, mas também com indígenas e a integração das mulheres. É necessário haver um trabalho de conscientização para melhorar a aceitação e evitar qualquer tipo de preconceito”, finaliza.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA