Espanha desenvolve setor de enoturismo e exalta sua gastronomia

|

Jhonatan Soares
Juan Morales, da Embaixada da Espanha
Juan Morales, da Embaixada da Espanha
Para quem deseja novas opções de experiências, a Espanha trabalha forte no desenvolvimento das viagens com foco em enoturismo. O país conta com várias rotas do vinho, que incluem regiões como Bullas, Penedés, Jumilla e Montilla-Moriles com degustação, passeio guiado aos vinhedos e espaços para eventos.

“A comida formava parte da experiência, mas agora está sendo muitas vezes a motivação central de uma viagem. Isso faz com que os destinos se adaptem às necessidades desse novo público e a Espanha tem um dos mercados mais competitivos do mundo, reunindo 70 denominações de origens de vinho, sendo que a gastronomia faz parte da imagem do destino”, explica o diretor do Escritório de Turismo da Embaixada da Espanha, Juan Morales, ao Portal PANROTAS, durante o Braztoa Desvenda: Viagens Gastronômicas, no Unibes Cultural, em São Paulo.

Para isso, foi criada uma plataforma chamada Wine Routes of Spain, que reúne várias opções de produtos, como pacotes e excursões, para agências e operadoras explorarem melhor esse tipo de viagem. Além disso, o site possui detalhes como o telefone e rede social dos fornecedores. A escolha do destino depende do tipo de vinho que cada um pretende degustar e a dica é checar com antecedência o tipo dos rótulos.

“O turista que tem como motivação a gastronomia é dono de alto poder aquisitivo e, nesse sentido, há muitos serviços específicos. É necessário ter formação e conhecimento, mas a Espanha é um destino fácil de vender. Segundo levantamento, nove a cada dez pessoas que visitam o país, voltam, e quatro de cada dez voltam mais de dez vezes. Muito disso é por conta da nossa gastronomia incrível, sendo um dos destinos que mais acumula estrelas [de restaurantes] Michelin.”

O destino ainda concentra esforços em projeto de Cidades Inteligentes, que têm valores agregados em pilares de sustentabilidade, tecnologia e acessibilidade.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA