Califórnia já planeja reabrir a economia, com dados científicos

|

Reprodução / Pixabay
Los Angeles segue em quarentena até 15 de maio
Los Angeles segue em quarentena até 15 de maio
O governador da Califórnia, Gavin Newsom, esboçou um plano para começar a reabrir a economia no Estado, afirmando que os protocolos referentes ao coronavírus serão guiados por "ciência e saúde pública, e não política" e sugerindo aos moradores que eles entrarão em um ambiente radicalmente diferente em suas interações diárias. Pessoas com máscaras nas ruas e restaurantes com menus descartáveis e garçons também de máscara marcarão essa nova fase, ainda sem uma data, mas já sendo pensada pelo governo do Estado.

Até agora, a Califórnia está em quarentena até o dia 3 de maio, e por mais tempo em cidades como Los Angeles, que prevê isolamento até o dia 15 do próximo mês. Newsom não deu uma data em que a atual ordem estatal terminaria, mas informou que já está sendo estudada essa reabertura. "Não quero tomar uma decisão política que coloque a vida das pessoas em risco e coloque a economia em risco ainda maior, estendendo o período de tempo antes que possamos finalmente fazer a transição e fazer com que as pessoas se movam novamente", afirmou.

Ele disse que o Estado usaria dados e exemplos atualizados diariamente. Newsom pediu para perguntá-lo em duas semanas sobre quando ele poderá definir datas exatas, se a Califórnia observar um achatamento e depois um declínio nas taxas de hospitalização por coronavírus. Um terceiro fator importante para determinar a data de reabertura, disse ele, seria a construção de uma força de trabalho de profissionais de saúde que possam rastrear infecções por coronavírus para isolar os contaminados.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA