Europa começa a desenhar plano de recuperação para o Turismo

|


Divulgação/ European Union
União Europeia elabora plano para quando a pandemia passar
União Europeia elabora plano para quando a pandemia passar
Ministros de Turismo da Europa estudam como impulsionar o setor depois de virada a página da crise provocada pela pandemia do novo coronavírus. Espanha e Croácia propuseram ao G20 a adoção de um plano de recuperação para os destinos do continentes, que sugere medidas homogêneas e fundos suficientes aos países mais afetados.

Em reunião virtual com encarregados dos países do G20, a ministra de Indústria, Comércio e Turismo da Espanha, Reyes Maroto, defendeu a necessidade de trabalhar conjunta e coordenadamente medidas em nível mundial para quando o pior da pandemia passar.

TRÊS PILARES CHAVES

Os ministros do Turismo do G20 assinaram Declaração Conjunta que "recolhe três pilares chaves para a recuperação do Turismo em nível comunitário: em primeiro lugar, o estabelecimento de protocolos homogêneos para garantir uma mobilidade segura; em segundo lugar, a atenção a problemática específica dos países e territórios mais afetados, como regiões ultraperiféricas e insulares, e, por último, a habilitação de fundos para ajudar as empresas e trabalhadores do setor turístico no futuro Plano de Recuperação da União Europeia, conforme anunciado recentemente pelo Comissário para o Mercado Interior, Thierry Breton”.

A ministra Reyes, que foi a principal impulsionadora do documento, diz o Escritório de Turismo da Embaixada da Espanha no Brasil, também destacou que a segurança do destino “é fundamental para dar confiança e certeza aos turistas, tanto nacionais como internacionais”.

SITUAÇÃO DO TURISMO NA ESPANHA

A Secretaria de Estado de Turismo da Espanha está elaborando um protocolo de saúde único frente à covid-19 para preparar a reabertura do setor turístico uma vez sejam afrouxadas as medidas do confinamento. O protocolo incluirá especificações técnicas em matéria de higiene e segurança sanitária de todos os subsetores turísticos como hospedagem, transporte, restauração, praias, e lazer, entre outros. O objetivo é garantir a segurança máxima a trabalhadores, turistas e residentes no momento da reabertura.

"A Espanha atualmente está na fase de estabilização da pandemia, e todos os possíveis cenários de apertura do setor nos que se está trabalhando colocam a segurança dos destinos em primeiro lugar. Segundo declarou o presidente do Governo, Pedro Sanchez, a retomada será gradual e assimétrica mas as regras serão as mesmas para todos, comunica a TurEspaña. "A reabertura das fronteiras interiores e exteriores da União Europeia se produzirá assim que as circunstâncias sanitárias o permitam e sempre seguindo as indicações da Comissão Europeia que priorizará a saúde pública. Por questões de proximidade, confiança e mobilidade espera-se que o reinício, em um primeiro momento, seja com o Turismo doméstico enquanto o internacional deverá demorar algo mais. TurEpaña tem previsto desenvolver um plano de promoção e marketing a nível internacional, que será realizado de maneira escalonada em função dos mercados emissores."
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA