Sindepat ganha novo associado em Ponta Grossa, no Paraná

|

Divulgação
Criado em 1953, o Parque Vila Velha, primeiro parque estadual do Paraná, é o novo associado do Sistema Integrado de Parques e Atrações Turísticas (Sindepat). A área de conservação tem mais de 38 quilômetros quadrados, sendo famosa por suas formações rochosas milenares, de arenito, pelas furnas e pela Lagoa Dourada. O parque foi concedido à iniciativa privada em fevereiro deste ano, quando o Governo do Estado do Paraná passou a gestão à Soul Vila Velha, empresa do grupo Soul Parques, pelos próximos 30 anos.

“Trabalhamos juntos na elaboração dos protocolos de segurança sanitária, defendemos os interesses dos parques e atrações junto aos Poderes Legislativo e Executivo e nos unimos a outras associações do setor nos pleitos comuns. Individualmente, seria muito difícil para os representantes do poder público ouvirem cada associado. Mas, como associação, nos fortalecemos na defesa dos interesses e necessidades desse segmento do turismo”, afirmou a diretora executiva do Sindepat, Carolina Negri, destacando a importância do associativismo.

O Parque Vila Velha, com sede em Ponta Grossa, é o terceiro associado Sindepat no Paraná, onde também estão o Parque Nacional do Iguaçu e o parque aquático Blue Park, ambos em Foz do Iguaçu. Desde o início da gestão da Soul Vila Velha, o parque já ganhou um novo restaurante e em breve será aberta uma loja de souvernir. O centro de visitantes também foi reformado e os ônibus que fazem o traslado dos visitantes aos três principais atrativos do parque foram revitalizados, além de terem sido instaladas câmeras de segurança e internet wi-fi nos pontos de maior visitação.

Em setembro, o parque ganha circuito de arvorismo com tirolesa, rota de 22 quilômetros para cicloturismo e a restauração da ponte sobre o rio Quebra Perna. O projeto da concessionária do parque prevê ainda incremento nas atividades turísticas oferecidas na área de conservação, com novas atrações de lazer e entretenimento.

SEGURANÇA

O Parque Vila Velha possui o selo Turismo Responsável, do Ministério do Turismo, e as visitas deverão ser retomadas em setembro, dentro das novas normas de segurança sanitária. Todos os visitantes deverão utilizar máscaras faciais, a temperatura será aferida no centro de visitantes, dispensers de álcool em gel já foram espalhados em diversos pontos do parque, especialmente nos pontos de ônibus para uso no embarque/desembarque. A permanência nos mirantes terá tempo limitado e capacidade reduzida, garantindo o distanciamento de pelo menos um metro e meio entre os visitantes. A previsão de reabertura é em 4 de setembro.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA