Argentina apresenta ação para inverno 2021 voltada ao Brasil

|


O Inprotur (Instituto de Promoção Turística da Argentina) divulgou nesta terça-feira (24), durante live, a campanha Snow Plus, voltada especialmente para o mercado brasileiro e com foco na temporada de inverno do próximo ano. Os descontos – válidos tanto para hotéis localizados em regiões de neve quanto para equipamentos de esqui, por exemplo – chegarão a até 40%.

Diretor de vendas da Orinter Tour & Travel, Roberto Sanches participou do encontro virtual e disse que a expectativa é alta para a próxima temporada de inverno no país vizinho. No entanto, ele enfatizou duas de suas preocupações. “Uma delas é sobre a capacidade dos hotéis: até lá eles estarão com 100% dos apartamentos disóníveis?”, questionou.

Sanches também questionou sobre os turistas que iriam para a temporada de neve na Argentina deste ano e que, por conta da pandemia, tiveram que remarcar para o próximo ano. “De qualquer maneira, estamos muito contentes de uma forma geral e já registramos uma boa procura por pacotes para 2021. Além disso, existem grupos que estão apenas à espera dos novos protocolos para confirmar”, afirmou.

Divulgação
Bariloche: um dos principais destinos de inverno na Argentina
Bariloche: um dos principais destinos de inverno na Argentina
O ministro do Turismo da Argentina, Matías Lammens, enalteceu o produto de inverno do país e disse que se trata de um dos mais atrativos. “O Turismo é um interesse estratégico da Argentina e estamos oferecendo um produto maravilhoso com preços competitivos”, disse.

Lammens também falou sobre os protocolos adotados pelas províncias que atendem ao público durante o inverno. “Antes de reabrirmos o país aos turistas, fizemos protocolos pilotos, que foram testados e que estão em pleno funcionamento”, disse.

REABERTURA
A Argentina anunciou a reabertura das fronteiras para países vizinhos no começo deste mês. Entre as exigências para ingressar no país estão a apresentação de passaportes ou RG válidos, teste PCR negativos com até 72 horas de antecedência do embarque, bem como um formulário eletrônico juramentado e um seguro de viagem que conte com a cobertura para covid-19.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA