Argentina só deve reabrir fronteiras depois de 9 de janeiro

|


Reprodução/YouTube
Desde novembro, a Argentina tem recebido turistas de países limítrofes na Área Metropolitana de Buenos Aires (AMBA). Segundo o governo do país os resultados foram positivos, mas haverá uma reavaliação de todos os protocolos e da situação da pandemia e por isso as autoridades nacionais decidiram fechar as fronteiras novamente até a zero hora do dia 9 de janeiro de 2021.

Com isso fica suspenso o ingresso de turistas de países limítrofes e os voos procedentes do Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte, da Austrália, da Dinamarca, da Itália e da Holanda, e com destino a esses países.

As exceções, nesse período, são "transportistas ou tripulantes de qualquer nacionalidade; argentinos e residentes na Argentina, qualquer seja seu lugar de procedência; estrangeiros autorizados pela Direção Nacional de Migrações para desenvolver uma atividade de trabalho ou comercial ou para cumprir com uma missão oficial diplomática ou para participar de eventos esportivos ou para sua reunificação familiar com argentinos ou residentes; estrangeiros declarados em trânsito para outros países com uma permanência no aeroporto internacional menor a 24 horas".

Uma nova diretriz será anunciada para depois de 9 de janeiro.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA