Sheraton Montevideo é fechado e será prédio de coworking

|


Reprodução Ladevi
O Sheraton Montevideo, primeiro cinco estrelas da capital uruguaia, será transformado em prédio de escritórios por novos donos. A notícia é do portal La Agencia de Viajes, do grupo Ladevi, parceiro da PANROTAS na Argentina.

Situado no bairro de Punta Carretas, em frente ao rio da Prata, o hotel foi aberto em 1999 e contava com 25 andares e 207 apartamentos.

O hotel foi vendido pela Tonosol S.A. em setembro passado – juntamente com o Aloft Montevideo, que fica em frente – para a White Elephant Properties Limited, empresa britânica liderada pelo uruguaio Ariel Kaplan.

Essa foi a quarta aquisição da White Elephant na capital uruguaia, em todos os casos para focar em propostas de coworking e coliving, sob a marca Energia. Primeiro foi o Meliá, depois o Four Points by Sheraton e na sequência o Ermitage. Pelo menos oito hotéis em Montevidéu estão sendo convertidos em edifício de coworking, tendência acelerada pela pandemia de covid-19. Entre eles o Tryp by Meliá, Austral e Plaza Fuerte.

O Sheraton Montevideo e o Aloft Montevideo perderam cerca de US$ 3,1 milhões no primeiro semestre do ano, por conta da crise.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA