Panamá exige quarentena de todos os viajantes da América do Sul

|


Divulgação/Copa
As autoridades de saúde do Panamá iniciam hoje, 19 de abril, os novos requisitos sanitários para os passageiros que tenham permanecido ou transitado por qualquer país da América do Sul durante os últimos 15 dias.

1 – Ao fazer o check-in no aeroporto de origem, esses passageiros devem apresentar teste de PCR ou antígeno covid-19 com resultado negativo, realizado 48 horas antes da chegada ao Panamá.

2 – Após a chegada ao Panamá, os passageiros devem fazer um teste molecular de covid-19 antes do registro em Imigração. O custo da prova é de US$ 85, sob responsabilidade do passageiro.

3 – Os passageiros provenientes da América do Sul também deverão cumprir quarentena obrigatória, mesmo os com resultados negativos.
Passageiros com resultados negativos devem cumprir obrigatoriamente por 3 dias o isolamento em domicílio ou em Hospital Hotel, para viajantes que não estão com covid-19. O custo será coberto pelo governo panamenho. No terceiro dia, um teste de esfregaço com antígeno covid-19 será repetido e se fornegativo, a quarentena termina. O custo deste teste será coberto pela autoridade sanitária.

Passageiros com resultados positivos devem realizar um teste de RT-PCR para tipificação/análise + ICGES, e cumprir com o isolamento obrigatório de 14 dias em um hotel para viajantes covid-19, fornecido e custeado pela Autoridade Sanitária.

4 – A partir de 3 de maio de 2021, o isolamento obrigatório de 3 dias pode ser feito em outros hotéis autorizados pela autoridade sanitária, pago pelo viajante.

5 – A Copa Airlines diz que esta nova exigência de entrada no Panamá não afetará os passageiros que possuem conexões no Hub das Américas.

Informações com o Ministério de Saúde do Panamá: e-mail protete1@minsa.gob.pa e telefones +507 6330 5551 e +507 6330 5546.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA