Madeira (Portugal) permitirá visitantes vacinados com Coronavac

|

Divulgação
A ilha portuguesa da Madeira vai permitir a entrada de visitantes com qualquer vacina contra covid-19 administrada em todo o mundo e não apenas com as aprovadas pela agência reguladora de medicamentos da Europa, afirmou o governo regional neste domingo (4). A União Europeia autorizou até agora apenas quatro vacinas: Pfizer, Moderna, AstraZeneca e Johnson & Johnson. As informações são da Reuters.

Portugal continental só aceita as quatro vacinas, mas Madeira, uma região autônoma, disse que quem recebeu outras vacinas, como a Sinovac (Coronavac) da China ou a Covaxin da Índia, pode visitar as ilhas atlânticas. Pedro Ramos, secretário de saúde da Madeira, disse que tudo será aceito "porque se milhões de pessoas foram vacinadas com estas vacinas (não aprovadas pela UE), o seu nível de proteção é semelhante a outras".

Ramos recentemente teceu críticas sobre a União Europeia não incluir a Covishield, uma versão da vacina contra a covid-19 da AstraZeneca feita pelo Serum Institute na Índia, em uma lista de vacinas aprovadas para o certificado. Acredita-se que cerca de 5 milhões de pessoas no Reino Unido, uma importante fonte de turistas para a Madeira, tenham recebido a vacina Covishield.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA