Chile diminui quarentena a até 2 dias para turistas estrangeiros; entenda

|

Divulgação
O Ministério de Saúde do Chile anunciou hoje, 6/10, que turistas vacinados contra o coronavírus e que apresentem exame de PCR negativo realizado no Chile não precisarão cumprir o isolamento preventivo de cinco dias previsto anteriormente. Mas deverão aguardar em isolamento pelo resultado do teste feito, que pode levar dois dias. Ou seja, na prática a quarentena será de no máximo 48 horas.

A subsecretária de Saúde Pública do Chile, Paula Daza, afirmou que "considerando a baixa incidência de casos positivos em viagens, determinamos que a partir de 1° de novembro, os turistas estrangeiros deverão cumprir quarentena de cinco dias ou até que o resultado de um PCR realizado no Chile seja divulgado".

Os exames devem ser realizados assim que o viajante entrar no país e podem levar de um a dois dias para terem resultado divulgado, segundo comunicado oficial divulgado à imprensa. Depois da confirmação negativa, o turista está liberado para viajar pelo país. Além disso, deve-se considerar que o isolamento temporário deve ser realizado no endereço declarado pelo viajante, em um hotel ou residência informado em seu formulário de entrada no país.

O Chile aceita todas as vacinas aplicadas no Brasil.

Para saber mais sobre o plano de abertura de fronteiras do Chile, clique aqui.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA