Aruba anuncia novos protocolos de entrada para latino-americanos

|

AFT
As regras valem para países considerados de baixo risco, como no caso do Brasil
As regras valem para países considerados de baixo risco, como no caso do Brasil
O governo de Aruba acaba de anunciar novos protocolos de entrada para viajantes da América Latina. A partir de agora, não é mais obrigatório o teste PCR. O resultado negativo de testes rápidos também serão aceitos como parte do protocolo de entrada na ilha.

Além disso, o tempo de espera para viajar ao destino para recém infectados também baixou, passando de 14 para dez dias. Estão isentos de quarentena antes do embarque passageiros com 12 anos ou mais que testaram positivo entre 10 dias a 12 semanas antes do embarque, mas não apresentam sintomas de covid-19. Para eles apenas o laudo negativado já é suficiente. No entanto, como parte do processo obrigatório do cartão de embarque/desembarque, esses visitantes deverão enviar comprovante de resultado positivo do teste PCR realizado entre dez dias e 12 semanas antes da data da viagem para Aruba.

Essas regras valem para países classificados como baixo risco, onde o Brasil se encontra, mas vale ressaltar que a lista de locais de baixo, alto e muito alto risco é atualizada a cada duas semanas. Para verificar a situação, os passageiros devem acessar este link.

PROTOCOLOS DE ENTRADA
Os viajantes brasileiros precisam se atentar a alguns protocolos:
  • Passaporte válido até antes do término da estada autorizada em Aruba;
  • Certificado internacional de vacina contra febre amarela aplicada dez dias antes da viagem.
Maiores de 12 anos:
  • Teste antígeno negativo realizado até 24 horas antes do embarque;
  • ED Card on-line, disponível neste link;
  • Seguro Covid: (US$15 por adulto e gratuito para menores de 14 anos).
O Seguro de Visitantes de Aruba é um seguro de viagem obrigatório que ajuda a proteger os visitantes de possíveis despesas médicas e não médicas se o teste for positivo para covid-19 durante a estada em Aruba ou antes do retorno ao Brasil.

Após a conclusão do processo do ED Card, o passageiro receberá a confirmação de aprovação da viagem, que será exibida digitalmente ou em cópia impressa no check-in e/ou embarque. Vale lembrar ainda que os viajantes também precisam ter os documentos necessários para voltar ao Brasil.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA