Visit Iguassu rechaça Passaporte Sanitário em Foz

|


Visit Iguassu/Rodrigo Mattjie
Felipe Gonzalez, presidente do Visit Iguassu, se posiciona contra a implementação do passaporte sanitário
Felipe Gonzalez, presidente do Visit Iguassu, se posiciona contra a implementação do passaporte sanitário
O Instituto de Promoção Turística de Foz do Iguaçu - Visit Iguassu - se manifesta contrário às declarações da Secretária de Saúde de Foz do Iguaçu, Rosa Jeronimo, sobre a implementação do Passaporte Sanitário - exigência de apresentação da carteira de vacinação, nos estabelecimentos do município.

O instituto argumenta que a medida pode provocar a redução de visitantes e prejudicar a economia do destino. "Essa atitude será um retrocesso, gerará ainda mais desemprego, podendo ocasionar o fechamento de mais empresas", prevê o Visit Iguassu.

O isntituto de promoção ainda alega que a determinaçõa, caso seja aprovada, anula todo o trabalho de promoção e captação de eventos que vem sendo realizado, inserindo a cidade como um destino seguro.

O presidente do Visit Iguassu, Felipe Gonzalez, acrescenta que os números de casos diários x internamentos e casos graves, demonstram que a cidade está passando por um momento delicado e de reforço aos cuidados, mas não restritivo. "Impor um Passaporte Sanitário traz consequências negativas para toda a cadeia produtiva do Turismo e o setor privado não pode mais uma vez ser penalizado", diz.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA