Curaçao Symposium apresenta destino renovado para participantes

|


PANROTAS / Filip Calixto
Ruisandro Cijntje, ministro do Desenvolvimento Econômico de Curaçao, entre Hugo Clarinda, do Conselho de Turismo de Curaçao, Helena Serafina, da associação hoteleira local
Ruisandro Cijntje, ministro do Desenvolvimento Econômico de Curaçao, entre Hugo Clarinda, do Conselho de Turismo de Curaçao, Helena Serafina, da associação hoteleira local
CURAÇAO
- Profissionais que trabalham na indústria de viagens em 26 países se reúnem até quinta-feira (26) para conhecer os detalhes da oferta turística de Curaçao. Todos eles participam da edição 2022 do Curaçao Trade Global Symposium, que traz, sobretudo, hotéis e atrações turísticas da ilha para conhecer e negociar diretamente com esses compradores.

O evento, que não ocorria desde 2019, apresenta agora um destino transformado pelo acréscimo da oferta de hospedagem que se deu nos últimos anos. Desde a última edição do encontro, a oferta hoteleira da ilha cresceu aproximadamente 40% em número de quartos e, em breve, outros empreendimentos também serão inaugurados.

Foi nesse sentido, de destacar a transformação da oferta curaçolenha, que o diretor do Conselho de Turismo de Curaçao, Hugo Clarinda, discursou na abertura do evento. De acordo com o executivo, houve um passo significativo de desenvolvimento nos últimos anos, o que pode ocasionar ainda mais oportunidades de negócios para quem quer enviar viajantes ao destino.

“No último simpósio, este hotel onde estamos realizando o evento (Marriott Curaçao), por exemplo, não estava aberto. O mesmo vale para muitos outros que começaram a operar nesse espaço de tempo. Temos hoje mais opções e alternativas mais modernas de hospedagem para o viajante que fica conosco”, comentou.

PANROTAS / Filip Calixto
Helena Serafina, da associação hoteleira local, Janaína Araújo, representante de Curaçao no Brasil, Olympio Pereira, da Viajar Barato, Ruisandro Cijntje, ministro do Desenvolvimento Econômico de Curaçao, Bruna Castro, CVC Corp, Hugo Clarinda e André Rojer, do Conselho de Turismo de Curaçao
Helena Serafina, da associação hoteleira local, Janaína Araújo, representante de Curaçao no Brasil, Olympio Pereira, da Viajar Barato, Ruisandro Cijntje, ministro do Desenvolvimento Econômico de Curaçao, Bruna Castro, CVC Corp, Hugo Clarinda e André Rojer, do Conselho de Turismo de Curaçao
Os novos investimentos vêm de empresas como a própria Marriott, que além do resort já inaugurado, prepara uma nova abertura na ilha, AMR Collection (antiga AM Resorts), que inaugurou duas unidades, e da rede Sandals, que trabalha nos detalhes finais para sua inauguração.

“Com mais hotéis temos agora a missão de atrair mais viajantes e gostaria de contar com todos vocês para alcançar essa meta”, disse o diretor do Conselho aos convidados do simpósio.

Segundo informou Clarinda, o escritório tem perspectivas definidas no fluxo de turistas pretendidos para este e o próximo ano. A projeção é fechar 2022 com 365 mil turistas recebidos e evoluir o índice para 500 mil em 2023.

Veja algumas fotos do primeiro dia de evento no álbum abaixo.

O Portal PANROTAS viaja a convite do Escritório de Turismo de Curaçao e com seguro Intermac, incluindo proteção contra a covid-19

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA