Norte da Argentina chama a atenção de operadores do Brasil

|

Tony Maciel, especial para o Portal PANROTAS

Tony Maciel/PANROTAS
Yago Masid (Agaxtur), Fabio Ferrari (CVC), Rafaela Linacre (Diversa) Marcos Mussa (Terramundi), Guilherme Campos (Flot), Sonaira Polimeno (Aerolíneas), Rene de Castro (Nova), Socorro Monteiro (Ambiental), Alberto Tomimatsu (TGK), Vitor Mazepa (Orinter) e Maria (guia local)
Yago Masid (Agaxtur), Fabio Ferrari (CVC), Rafaela Linacre (Diversa) Marcos Mussa (Terramundi), Guilherme Campos (Flot), Sonaira Polimeno (Aerolíneas), Rene de Castro (Nova), Socorro Monteiro (Ambiental), Alberto Tomimatsu (TGK), Vitor Mazepa (Orinter) e Maria (guia local)
ARGENTINA – Novos voos anunciados pela Aerolíneas Argentinas, que ligarão São Paulo à Salta, deram o pontapé nas ações de promoção e capacitação das províncias de Jujuy, Salta e Tucumán. Todas elas têm o objetivo de colocar a região na prateleira dos brasileiros. E, para isso, um famtour para operadores do Brasil está acontecendo desde a última segunda-feira (2) e vai até este sábado (7).

Ao analisar o mercado emissivo brasileiro, a gerente de Produtos da Ambiental, Socorro Monteiro, explicou que existe uma demanda reprimida por conta da pandemia de covid-19 e que os turistas estão em busca por destinos próximos, no primeiro momento para Brasil e agora começa o desejo de cruzar as fronteiras. “Neste início, a procura é por lugares mais próximos, com voos mais curtos, e mesmo com a desvalorização do real, a Argentina ainda é um destino mais econômico para os brasileiros”, pontua.

A gerente da Ambiental observa que as novas rotas lançadas pela Aerolíneas fazem parte de uma estratégia do Governo da Argentina para fomentar uma atividade econômica importante que é o Turismo.

“Os órgãos de Turismo regionais também estão envolvidos. Esses voos ampliam opções para viajantes experientes e curiosos por novidades e mostram que a Argentina é diversa, que tem muitos outros destinos além de Buenos Aires, Patagônia, Bariloche e Mendonza”.

Tony Maciel/PANROTAS
 Socorro Monteiro, gerente de Produtos da Ambiental,
Socorro Monteiro, gerente de Produtos da Ambiental,
Na última quarta-feira (4), o grupo formado por nove profissionais brasileiros fez o city tour pela pequena Tilcara, onde também foi possível visitar o museu a céu aberto Pucará de Tilcara, com construções pré-incaicas. O almoço foi no restaurante El Patio, onde sua dona transformou o quintal da própria casa em um espaço para receber visitantes, com comidas típicas da região.

Em seguida, o grupo seguiu viagem para Hornocal, localizado na Quebrada de Humahuaca. Lá se concentram milhões de anos em suas montanhas coloridas e séculos de cultura em suas tradições vivas em cada lugar.

A poucos quilômetros da cidade de San Salvador, já começa o contraste do verde com a mudança de vegetação e o começo da subida pela Costa de Barcena. Seguindo pela estrada provincial sem pavimento por 24 quilômetros, o grupo chegou ao mirante de Honronal, a 4.350 metros acima do nível do mar.

“É surpreendente o que se encontra da experiência: geologia, arqueologia, cultura, antropologia, gastronomia. Vivência de altitude, deserto e amplidão. As paisagens são estonteantes e se pode desfrutar sem aglomeração, ao ar livre, respirar ar puro na montanha. Uma sensação que todos que visitam, experimentam”, complementou Socorro.

Veja fotos de todos estes passeios no álbum abaixo.


O Portal PANROTAS viaja com seguro Intermac, incluindo proteção contra covid-19
Esta empresa apoia o Fórum PANROTAS 2022
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA