Sistema que emite autorização de Turismo do México segue instável

|

Divulgação
O sistema eletrônico do Instituto Nacional de Migração está instável desde a semana passada
O sistema eletrônico do Instituto Nacional de Migração está instável desde a semana passada
O sistema que gera a autorização eletrônica de viagem para o México ainda permanece instável e segue gerando preocupação para brasileiros com passagens compradas para o destino. As dificuldades para conseguir a documentação, que é obrigatória para alguns passageiros, começaram ainda na sexta-feira (3) passada e a justificativa dada pelo Consulado Geral do México em São Paulo é o surgimento de uma série de instabilidades no sistema eletrônico do Instituto Nacional de Migração.

Com a falta de solução definitiva para a oscilação, o consulado informou que segue dando atenção aos agendamentos feitos pelo site.

A Autorização Eletrônica de Viagem para o México é exigida de quase todos os turistas. As exceções são: residentes permanentes no Canadá, Estados Unidos, Japão, Reino Unido, Irlanda do Norte, um dos países do espaço Schengen, da União Europeia ou da Aliança do Pacífico (Chile, Colômbia, México e Peru). Estão liberados da apresentação do documento ainda aqueles que possuem visto de Turismo vigente do Canadá, Estados Unidos, Japão, Reino Unido, Irlanda do Norte ou qualquer país do Espaço Schengen.

O consulado continua recomendando aos passageiros que, para evitar problemas nas viagens ao México, o indicado é a solicitação de visto pelo sistema de agendamento https://citas.sre.gob.mx/.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA