US Travel promete ser mais contundente para tirar exigência de teste

|


PANROTAS / Artur Luiz Andrade
Roger Dow, presidente da US Travel
Roger Dow, presidente da US Travel
“Vamos ser mais agressivos nesse tema. Fomos bonzinhos até agora, mas vamos elevar a temperatura”, disse o presidente da US Travel Association, Roger Dow, sobre a necessidade de teste negativo de covid-19 para entrar nos Estados Unidos.

Segundo ele, a medida, já retirada de diversos destinos da Europa, América Latina e ao redor do mundo, está prejudicando a retomada de viagens internacionais para os Estados Unidos.

“Se você dificulta uma viagem, o viajante vai para outro lugar”, afirmou, apontando uma pesquisa com viajantes internacionais, na qual 71% dos respondentes afirmaram que priorizam viajar para destinos sem requerimentos de entrada que compliquem o processo. E 51% disseram que a incerteza pelo cancelamento da viagem é um impedimento para fazer planos e escolher um destino.

VISTOS PARA OS EUA

Outro impedimento que precisa ser tratado com urgência, segundo Dow, é a demora pela emissão de visto para entrar nos Estados Unidos. Dos 79 milhões de turistas de 2019, 35 milhões vieram de países que requerem visto (43% do total). Segundo Roger Dow, é inaceitável esses tempos longos para tirar visto.

“Temos de ser criativos. Temos um programa piloto de vídeo-chamada para entrevistas. Vejam o caso do Brasil, com vistos de dez anos. Se a pessoa não causou problema em dez anos, na hora de renovar não pode demorar tanto.” Para desafogar esse gargalo, Dow sugeriu também estender todos os vistos de turismo por um ano.

A espera de um visto americano no México está em 538 dias. No Brasil, são 262 dias e na Colômbia 693 dias.

EMPREGOS NO TURISMO
Perguntado sobre o principal desafio atualmente na indústria de Viagens e Turismo, Roger Dow foi categórico: a força de trabalho. Há um gargalo de profissionais no pós-pandemia e também uma geração de millennials e jovens Z que querem flexibilidade e equilíbrio com a vida social.

“Nós moldamos o mundo como está, trabalhamos todo dia da semana, viajamos quando nos pedem ou mandam... Mas não pode ser mais assim para a nova força de trabalho.”

A PANROTAS viaja a convite do IPW 2022, voando American Airlines, com hospedagem no Cabana Bay Beach Resort, e proteção GTA, incluindo cobertura para covid-19
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA