Veja o impacto do Turismo em outras indústrias dos Estados Unidos

|

Divulgação/US Travel Laura Holmberg
Roger Dow, presidente da US Travel Association
Roger Dow, presidente da US Travel Association
A US Travel Association, presidida por Roger Dow e que representa toda a indústria de Viagens e Turismo nos Estados Unidos, divulgou um estudo do impacto dos gastos dos turistas nas demais indústrias da economia americana. O resultado é um total de US$ 2,4 trilhões em impacto econômico, gerando e apoiando 15,6 milhões de empregos nos Estados Unidos.

Segundo o estudo da US Travel, se os gastos com Viagens e Turismo aumentarem apenas 1%, isso significaria US$ 23,8 bilhões adicionais na economia e 156,2 mil novos empregos.

Veja como é a distribuição desse impacto econômico em outras indústrias:

TOTAL: US$ 2,4 trilhões de impacto econômico
Na indústria de Viagens e Turismo: US$ 1,2 bilhão
Na indústria Manufatureira: US$ 409 bilhões
Em Finanças e Seguros: US$ 122,7 bilhões
Em atacadistas: US$ 104,5 bilhões
Em Serviços Profissionais: US$ 83,7 bilhões
Na Saúde e Serviços Sociais: US$ 81,9 bilhões
Em Informação: US$ 78,2 bilhões
Na indústria de Imóveis: US$ 52 bilhões
Outras indústrias: US$ 250 bilhões

O estudo também calculou o impacto de empregos por indústria:

Viagens e Turismo: 10,5 milhões de empregos
Serviços Administrativos: 662 mil
Serviços Profissionais: 543,7 mil
Saúde e Serviços Sociais: 660 mil
Manufatura: 784 mil
Finanças: 428 mil
Atacadistas: 408 mil
Outras indústrias: 1,6 milhão
TOTAL DE: 15,6 milhões de empregos

O presidente da US Travel, Roger Dow, faz parte, juntamente com outros 13 setores da Visit US Coalition, que visa mostrar ao governo americano a importância de investir nas chegadas de turistas, para que os Estados Unidos sejam “o país mais seguro do mundo, mas também o mais visitado”. Ele defendeu, durante o IPW 2018, em Denver, no final de maio, inciativas como o uso de tecnologia para aumentar a segurança nas fronteiras e facilitar a entrada, mais acordos de céus abertos, como o assinado com o Brasil, e mais acessibilidade aos destinos americanos.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ainda não recebeu os líderes do Turismo, que querem mostrar esses e outros números e convencê-lo de que Viagens e Turismo é chave para o desenvolvimento e a criação de empregos.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA