ECONOMIA E POLÍTICA

União Europeia poderá solicitar autorização eletrônica a turistas

Flickr / European Parliament

A União Europeia poderá aprovar um novo sistema de vistos de entrada para turistas. Amanhã (5), o Parlamento Europeu votará a lei e, caso aprovada, solicitará que os turistas não-europeus isentos de visto peçam uma autorização prévia pela internet, para poderem visitar os países do bloco.

Segundo informações da Agência Brasil, o Sistema Europeu de Informação e Autorização de Viagem (Etias), que visa manter a segurança interna e o reforço das fronteiras, estará operacional até 2021. O Parlamento acredita que a medida irá identificar e reduzir crimes e atos terroristas, além de impedir a migração irregular, diminuir tempos de procedimento de entrada nos países e melhorar a gestão das fronteiras.

Completamente eletrônico, o sistema é destinado a visitantes de países que não precisam de visto para a zona Schengen. Atualmente, cidadãos de 62 países não pertencentes ao espaço Schengen, inclusive do Brasil, podem entrar na União Europeia sem visto por até 90 dias.

A autorização custará sete euros e será válida durante três anos, sendo gratuita para os menores de 18 e para os maiores de 70 anos. Além do uso para fins comerciais e de Turismo, o novo sistema permitirá que as pessoas visitem os países da União Europeia por motivos médicos e de trânsito.


*Fonte: Agência Brasil

conteúdo original: https://bit.ly/2KAh6of
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA