ECONOMIA E POLÍTICA

Plano Nacional de Turismo prevê 9 milhões de vagas até 2022


Flickr Família Bolsonaro
O presidente Jair Bolsonaro assinou o plano nesta quarta (15), mas deixou de fora as pautas de Turismo LGBT
O presidente Jair Bolsonaro assinou o plano nesta quarta (15), mas deixou de fora as pautas de Turismo LGBT


O presidente Jair Bolsonaro decretou hoje (15) o Plano Nacional de Turismo, com diretrizes e metas para o setor até 2022. Projeções de crescimento positivas foram apontadas no documento, como a abertura de sete para nove milhões de vagas de emprego para profissionais da indústria.


Quanto ao número de viajantes, é esperado um aumento de 6,5 milhões para 12 milhões de estrangeiros e de 60 milhões para 100 milhões de brasileiros. A objetivo de receita gerada por visitantes de outros países passa de US$ 6,5 bilhões para US$ 19 bilhões. Os valores devem ser investidos em ações que visam melhorar a qualidade e competitividade no setor e infraestrutura de destinos.


LGBT

Apesar de abordar pautas como a promoção de sustentabilidade, Turismo social, idosos e destinos regionais, o incentivo ao Turismo para o público LGBT ficou de fora do plano para 2022. A medida pode ser negativa, visto que o Brasil é o segundo maior mercado LGBT do mundo e as capacitações para atender este público são cada vez mais necessárias.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA