ECONOMIA E POLÍTICA

Estrangeiros gastaram 4,86% a mais no Brasil em setembro

|


Pixabay
Informações foram divulgadas pelo Banco Central
Informações foram divulgadas pelo Banco Central
Em setembro deste ano, os turistas estrangeiros deixaram mais dinheiro no Brasil do que no mesmo mês do ano passado. De acordo com dados do Banco Central, o montante foi 4,86% superior ao registrado no mesmo período de 2018, totalizando US$ 391 milhões – uma movimentação extra de US$ 18 milhões na economia dos destinos visitados.

“Estamos trabalhando fortemente para que esse e outros bons resultados que estão surgindo em nossa gestão possam continuar nesse ritmo de crescimento. Podemos muito mais, e com algumas medidas que estamos fechando junto ao governo iremos alavancar o turismo, gerar emprego e renda e chegar à meta de duplicar o número de turistas estrangeiros em 2022”, comenta o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio.

No acumulado do ano, de janeiro a setembro, as despesas de visitantes estrangeiros no País atingiram US$ 4,529 bilhões, resultado 0,36% superior ao do mesmo período do ano passado (US$ 4,513 bilhões). O índice gerou uma queda no déficit da balança comercial do Turismo, que caiu de US$ 9,36 bilhões, em 2018, para US$ 8,81 bilhões, neste ano.

Houve também uma alta nas despesas de brasileiros no Exterior. Após uma queda de 5,24% em agosto, o montante voltou a crescer no último mês. Os gastos somaram US$ 1,33 bilhão, percentual 11,83% maior que o de setembro de 2018 (US$ 1,19 bilhão).
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA