MTur e Banco do Brasil incluem Turismo em linhas de crédito

|

Roberto Castro/MTur
Marcelo Álvaro Antonio, ministro do Turismo
Marcelo Álvaro Antonio, ministro do Turismo
Nesta quinta-feira (19), o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, e o presidente do Banco do Brasil, Rubem Novaes, em telefonema, decidiram que as empresas do setor poderão solicitar recursos para capital de giro. O Turismo foi incluído em linhas de crédito devido às dificuldades financeiras causada pela pandemia do coronavírus.

A iniciativa do ministro tem o objetivo de garantir fluxo de caixa aos empresários do setor e manter milhares de empregos no País. "Tenho trabalhado incansavelmente, desde o último fim de semana, para trazer soluções ao trade turístico e dar oportunidade de manutenção de emprego e renda para milhões de brasileiros. Tenho certeza que esse acordo com o Banco do Brasil irá trazer mais um amparo para este setor que está tendo tanto impacto", afirmou Antônio.

De acordo como Banco do Brasil, ainda não há uma estimativa do montante que será disponibilizado para os empresários. Segundo Novaes, serão priorizadas as demandas dos clientes de pequenos e médio porte, mas não haverá empecilhos para que outras empresas, que não sejam do portfólio do banco, possam pleitear esses recursos. "Estamos apoiando nossa clientela durante esse período de dificuldades, principalmente suprindo problemas de capital de giro", pontuou o presidente do BB.

A liberação de crédito para as empresas com dificuldades financeiras foi anunciada na última sexta-feira (13), em parceria com o Ministério da Economia.

O Portal PANROTAS criou um link que reúne todas as notícias positivas (dicas, bons exemplos, sinais de recuperação, bem-estar, etc), divulgadas em meio à pandemia do novo coronavírus. Leia no bit.ly/turismopositivas as principais publicadas até agora. E não deixe de compartilhar. #SomosTodosTurismo
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA