Santur e Caixa alinham informações sobre o Fungetur com entidades de SC

|

Divulgação
A Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina (Santur) e a Caixa promovem, nesta sexta-feira (7), uma videoconferência com as Instâncias de Governança Regional (IGRs) e lideranças de entidades estaduais para alinhar informações sobre o acesso aos recursos do Fundo Geral do Turismo (Fungetur).

Por meio da Caixa, estão sendo disponibilizados ao Estado mais R$ 100 milhões do Fungetur e um dos requisitos para os empreendedores do Turismo acessarem as linhas de crédito é ter registro no Cadastur, cadastro realizado pela Santur.

"A aproximação com as IGRs e as entidades que representam o setor é fundamental para facilitar ao setor turístico catarinense informações sobre a disponibilidade de recursos do Fungetur para capital de giro. Da parte da Santur, enquanto órgão responsável pelo Cadastur no Estado, temos conseguido agilizar o cadastro para que a liberação do crédito ocorra de forma mais rápida aos empreendedores do Turismo, afirmou o presidente da Santur, Eduardo Loch.

O presidente acrescenta que as IGRs também atuam na interlocução entre o trade e a Santur. "Desse modo, conseguimos alinhar a nossa atuação à realidade do turismo catarinense no enfrentamento da crise gerada pela pandemia de Covid-19. Buscamos fortalecer nossas parcerias com o objetivo final de contribuir com a manutenção das empresas e preservação dos empregos do setor", completou Loch.

Desde o início das operações de crédito com recursos do Fungetur, a Caixa já liberou R$ 18 milhões para empreendedores do Turismo em Santa Catarina. O limite de financiamento é de até R$ 30 milhões e prazo de até 60 meses para pagamento, incluindo carência de até 12 meses. A taxa de juros é de 5% ao ano mais Selic. Para acessar o Fungetur, a empresa precisa estar registrada no Cadastur e ter mais de 12 meses de constituição.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA